Placas
Publicidade

Por Fernando Sousa, para o TechTudo


Quem procura uma nova GPU para o desktop pode acabar ficando na dúvida entre investir em uma placa nova de entrada ou adquirir uma solução intermediária lançada há mais tempo. No Brasil, por valores a partir dos R$ 1.500 você já pode adquirir uma GPU como a GTX 1060; ou investindo um pouco mais, pode partir para uma RTX 3050, que é uma placa mais moderna que oferece suporte a tecnologias Ray Tracing e DLSS.

Enquanto a primeira é uma GPU que, mesmo depois de tanto tempo, ainda tem grande apelo entre os jogadores, a segunda chegou ao mercado prometendo ser uma porta de entrada para a nova geração de placas da fabricante. Abaixo, o TechTudo apresenta um comparativo das duas placas para te ajudar a definir em qual dos modelos vale a pena investir.

GTX 1060 foi lançada pela Nvidia em 2016 — Foto: Divulgação/Nvidia

Especificações

Com uma arquitetura antiga, a GTX 1060 é uma placa que aparece no mercado em versões de 3 ou 6 GB GDDR5, o que definitivamente não é o ideal para jogos modernos, uma vez que uma placa com apenas 3 GB tende a ter uma capacidade limitada de carregar texturas. A tecnologia GDDR5 também não é mais o padrão para desempenho, sendo assim mais um limitante da placa mais antiga.

Já a RTX 3050 é uma placa com a nova arquitetura Ampere, trazendo ainda 8 GB GDDR6, suporte a tecnologias como Ray Tracing e DLSS, além da promessa de uma compatibilidade maior com recursos mais modernos. Com um volume de VRAM maior, a RTX 3050 tende a permitir o carregamento de mais texturas e, assim, a utilização da placa em resoluções mais altas.

Performance

Segundo dados de sites especializados, em velocidade efetiva, o ganho da RTX 3050 em relação à GTX 1060 pode chegar aos 27%, o que, por sua vez, tende a impactar bastante na performance. É claro que, por trazer um chip mais moderno e mais memória, a placa de 2022 também tende a oferecer mais quadros em jogos, além de uma qualidade visual aprimorada.

Enquanto a GTX 1060 é uma placa que oferece suporte a VR, a RTX 3050 é uma placa que por contar com os Tensor Core, permite a utilização do recurso de Ray Tracing por hardware, além da utilização do DLSS, que aprimora automaticamente o desempenho da GPU por meio de Deep Learning.

RTX 3050 chegou em janeiro ao mercado — Foto: Divulgação/Nvidia

Consumo

A exigência energética da GTX 1060 é menor do que o da RTX 3050, o que fica evidente principalmente pela exigência de uma fonte de apenas 400 W com conector complementar de seis pinos. O TDP da placa de 2016 também é 10 W menor.

Apesar de exigir uma fonte (PSU) mais potente, a RTX 3050 tende a ser mais eficiente quando consideramos a performance por Watt. De qualquer forma, investir em uma placa mais moderna tende a fazer com que você tenha um componente mais eficiente.

Recursos

Basicamente, o único recurso que a GTX 1060 tem que a RTX 3050 não tem é o suporte à realidade virtual. Assim, se a funcionalidade é algo que você busca em sua nova GPU, já tem um indicativo de qual modelo escolher.

Por sua vez, como mencionado, a RTX 3050 conta com uma arquitetura mais moderna, suporte a Ray Tracing e DLSS, além de oferecer uma compatibilidade maior com soluções modernas como jogos e softwares que possam explorar as funcionalidades da placa.

GTX 1060 tende a ser mais barata em comparação com a RTX 3050 — Foto: Divulgação/Nvidia

Preço e disponibilidade

Se um custo menor é um diferencial para sua escolha, a GTX 1060 é uma escolha mais acessível. A disponibilidade dela, no mercado atual, não é tão grande, principalmente para o modelo de 6 GB.

A disponibilidade da RTX 3050 ainda não é tão grande por ser uma placa recém-lançada, mas o modelo tende a aparecer em versões de mais fabricantes parceiras da Nvidia. Atualmente, a placa aparece no mercado brasileiro por valores a partir dos R$ 2.399.

Custo-benefício

Considerando apenas as opções de placas novas de GTX 1060 e RTX 3050 disponíveis no varejo online, talvez seja interessante optar pela aquisição da placa mais nova. Isso mesmo a GPU da linha RTX tendo um valor bem mais alto em relação ao modelo de 3 GB da GTX 1060.

Para quem tem um orçamento limitado, e não se importa em ter cerca de 30% menos desempenho, a GTX 1060 ainda é uma escolha que pode atender jogadores de entrada. O que comprova isso é a popularidade da placa na Steam, que é uma das principais plataformas de jogos de PC.

GTX 1060 vs RTX 3050

Especificações GTX 1660 TI RTX 3050
Lançamento Q3 2016 Q1 2022
Preço a partir de R$ 1.500 a partir de R$ 2.399
Arquitetura Pascal Ampere
Núcleos CUDA 1280 (6 GB) - 1152 (3 GB) 2560
Clock base/Boost (MHz) 1506/1708 (6 GB) - 1506/1708 (3 GB) 1550/1770
Memória 3 ou 6 GB GDDR5 8 GB GDDR6
Interface de memória 192 bits 128 bits
VR Ready Sim Não
Ray Tracing Não Sim
DLSS Não Sim
Energia 120 W 130 W
Fonte recomendada 400 W 550 W
Energia complementar Um conector com seis pinos Um conector com 8 pinos
Mais do TechTudo