Placas
Publicidade

Por Fernando Sousa, para o TechTudo


GTX 1050 TI e RX 560 são duas placas de vídeo — lançadas em 2016 e 2017, respectivamente — que têm como foco o púbico gamer de entrada. As GPUs prometem oferecer desempenho para jogos em resolução HD com boas taxas de quadros, sendo assim alternativas para games casuais ou alguns competitivos populares. Encontradas no varejo online por valores a partir dos R$ 1.199, as placas trazem uma boa quantidade de VRAM e prometem ser soluções que oferecem um consumo baixo, sendo assim aparelhos para quem quer jogar sem gastar muito ou mesmo alternativas para que você possa utilizar mais de um monitor sem seu PC.

A seguir, o TechTudo apresenta um comparativo das especificações das placas para te ajudar a decidir em qual modelo investir.

ROG Strix Radeon RX 560 EVO Gaming — Foto: Divulgação/Asus

Especificações

Existe um certo equilíbrio nas especificações das placas, uma vez que temos dois modelos voltados para um mesmo segmento. Além de oferecer os mesmos 4 GB GDDR5 com interface de 128 bits, as placas de AMD e Nvidia têm um clock similar, com uma pequena vantagem para o modelo da Nvidia.

As opções de conectividade também são praticamente as mesmas, o que pode mudar um pouco apenas de acordo com a versão da placa. De modo geral, no entanto, elas serão sempre similares.

Performance

Segundo testes de sites especializados, tanto em softwares de renderização quanto em games, a placa da Nvidia leva uma boa vantagem. Em alguns cenários, o ganho chega próximo a 40%, o que é bem impressionante considerando a similaridade técnica dos modelos.

A placa da Nvidia também aparece mais vezes como componente recomendado por desenvolvedores de jogos. Isso indica que a GPU tende a oferecer maior compatibilidade e, consequentemente, um desempenho superior para os jogadores.

Gigabyte GTX 1050 Ti G1 Gaming traz iluminação RGB — Foto: Divulgação/Gigabyte

Consumo

Segundo dados da AMD, a RX 560 requer entre 60 e 80 W para operar, exigindo ainda, segundo a fabricante, uma fonte de ao menos 450 W. Essa não é uma das exigências mais comuns quando consideramos placas de entrada.

Por sua vez, a GTX 1050 TI utiliza apenas os 75 W da porta de comunicação PCIe, exigindo apenas uma fonte de 300W segundo a Nvidia. Isso indica também que o modelo tende a ser mais eficiente que sua concorrente.

Recursos

Quanto aos recursos, temos novamente um equilíbrio, uma vez que os dois modelos oferecem suporte ao DirectX 12 , o que garante uma compatibilidade com softwares modernos. Ainda há suporte a tecnologias como FreeSync e G-Sync, que visam a sincronizar a exibição dos quadros, inibindo assim o efeito de tearing ou quebra de imagem.

As placas também contam com as mesmas opções de conexão, o que faz com que elas suportem o mesmo número de monitores com praticamente a mesma resolução máxima. Os modelos não são indicados para realidade virtual ou jogos em 4K, assim como não suportam recursos como Ray Tracing.

Placa GTX 1050 Ti consome menos energia — Foto: Divulgação/Nvidia

Preço e disponibilidade

Atualmente, a placa da Nvidia aparece por um preço mais em conta, sendo oferecida por valores a partir dos R$ 1.199. É claro que o valor é muito elevado quando consideramos que se trata de uma GPU de entrada de 2016, mas esse é mais um reflexo do cenário atual do mercado de hardware.

A RX 560 da AMD, por sua vez, aparece por valores a partir dos R$ 1.940. Esse valor está muito acima do que era pedido pela placa alguns anos atrás, fazendo com que ela se afaste um pouco do cenário que a coloca como uma solução com bom custo-benefício.

Custo-benefício

Com tamanha diferença de preço e sendo uma solução que tende a entregar mais desempenho, atualmente talvez seja interessante considerar a placa da Nvidia, mesmo ponderando que é uma GPU de 2016 que ainda custa mais de R$ 1.000.

Vale considerar ainda que são duas placas relativamente antigas, o que faz com que exista alguma oferta de modelos usados. Isso pode ser interessante para quem tem um orçamento mais limitado e está disposto a adquirir um componente sem garantia, o que, evidentemente, é sempre um risco considerável, ainda mais quando falamos em GPU.

ROG Strix Radeon RX 560 EVO Gaming — Foto: Divulgação/Asus

Ficha técnica das placas RX 560 e GTX 1050 TI

Ficha técnica RX 560 e GTX 1050 TI

Especificações RX 560 GTX 1050 TI
Preço R$ 1.940 R$ 1.199
Clock Base 1.175 MHz 1.290 MHz
Clock Boost 1.275 MHz 1.293 MHz
Memória 4 GB GDDR5 4 GB GDDR5
Interface de memória 128bits 128 bits
Conectividade Display Port / HDMI Display Port / HDMI / DVI
Fonte recomendada 450 W 300 W

No vídeo abaixo, veja coisas que você só vai se lembrar se usou PCs nos anos 2000

Coisas que você só vai lembrar se usou PCs nos anos 2000

Coisas que você só vai lembrar se usou PCs nos anos 2000

Mais do TechTudo