Redes sociais
Publicidade

Por Juliana Campos (colaboração) e Ana Letícia Loubak, para o TechTudo


Após uma série de reclamações de usuários, o Instagram vai pausar os testes do feed em tela cheia e diminuir as recomendações de posts baseados em inteligência artificial. A informação foi dada por Adam Mosseri, chefe da rede social, em entrevista à newsletter Platformer na quinta-feira (28), e confirmada pelo Instagram ao TechTudo. Os testes do novo feed, que segue o estilo do aplicativo rival TikTok, foram iniciados em maio com algumas contas selecionadas e serão interrompidos nas próximas semanas.

“Com base no que descobrimos e ouvimos de nossa comunidade, estamos pausando o teste de tela cheia no Instagram para explorar opções, e diminuindo temporariamente o número de recomendações que você vê no seu feed para que possamos melhorar a experiência. Entendemos que as alterações no aplicativo demandam adaptação e, embora acreditemos que o Instagram precisa evoluir à medida que o mundo também se transforma, queremos tomar o tempo necessário para garantir que isso seja feito da melhor forma possível”, disse um porta-voz da Meta em nota enviada ao TechTudo.

Após reclamações, Instagram recua e pausa testes de feed em tela cheia — Foto: Reprodução/Unsplash

Como ganhar curtidas no Instagram? Participe da discussão no Fórum do TechTudo

A declaração da empresa segue o tom da entrevista de Mosseri à newsletter Platformer. O executivo classificou a pausa nos testes como "um grande passo atrás" para que o aplicativo possa se reorganizar. "Estou feliz por termos arriscado – se não falhamos de vez em quando, não estamos pensando grande o suficiente ou sendo ousados o suficiente. Mas definitivamente precisamos dar um grande passo atrás e nos reagrupar", disse o chefe da rede social.

Vale lembrar que, na terça-feira (26), em vídeo publicado em sua conta do Twitter, Mosseri já havia admitido que o feed em tela cheia "ainda não estava bom" e que precisaria passar por mais ajustes antes de ser liberado oficialmente para todos os usuários do aplicativo. Ainda assim, o executivo ressaltou que o Instagram continuaria investindo em vídeos, já que esse é o tipo de conteúdo mais consumido na plataforma.

"As pessoas estão frustradas", reconhece Mosseri

O novo posicionamento do Instagram vem após as irmãs Kim Kardashian e Kylie Jenner compartilharem, na segunda-feira (25), uma publicação criticando as recentes mudanças da rede social e pedindo que o Instagram "vire o Instagram de novo". "Pare de tentar ser o TikTok, eu só quero ver fotos fofas dos meus amigos", dizia a publicação compartilhada por Jenner e curtida mais de 1,1 milhão de vezes. O post trazia ainda o link para uma petição online no Change.org com uma série de reivindicações ao Instagram, as quais incluem parar de imitar o TikTok e desenvolver um algoritmo que priorize fotos.

Na entrevista à Platformer, Mosseri se defendeu e afirmou que a mudança de foco de fotos para vídeos data de antes do boom do TikTok, mas também reconheceu que as modificações na interface e funcionamento do Instagram não agradaram os usuários. "As pessoas estão frustradas, e os dados de uso não são bons", admitiu o executivo.

Menos recomendações

Além de pausar os testes do feed em tela cheia, o Instagram vai passar a exibir menos recomendações de posts para os usuários. O objetivo da medida é melhorar o algoritmo de personalização do aplicativo. "Quando você descobre algo no seu feed que não seguiu antes, você deveria ficar feliz em vê-lo. E eu não acho que isso está acontecendo o suficiente agora", reconheceu Mosseri.

Segundo o executivo, o Instagram vai "dar um passo atrás em termos da porcentagem de feeds que são recomendações", melhorar a classificação de sugestões e, se tiver um feedback positivo, voltar a ampliar esses números.

Com informações de Platformer

Veja também: Quatro coisas que o Instagram sabe sobre você

4 coisas que o Instagram sabe sobre você.

4 coisas que o Instagram sabe sobre você.

Mais do TechTudo