Telefonia
Publicidade

Por Danilo Paulo de Oliveira, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

O sinal de internet “5G puro” será ativado oficialmente na próxima quarta-feira (6) em Brasília, mas moradores de algumas regiões da capital já conseguiram experimentar o sinal de altíssima velocidade neste final de semana, de acordo com testes realizados pelo TechTudo e relatados por usuários de redes sociais. Com isso, a cidade será a primeira do país com o chamado 5G SA, com infraestrutura própria e sem dependência de antenas utilizadas pelo 4G.

Para utilizar a quinta geração de internet móvel, o usuário precisa ter um smartphone ou tablet compatível com a tecnologia. Inicialmente, a maior parte da cobertura 5G no Distrito Federal estará concentrada no Plano Piloto (área central de Brasília), Lago Sul, Lago Norte, Águas Claras, Candangolândia, Núcleo Bandeirante e Guará.

iPhone 13 é um dos aparelhos vendidos no Brasil compatível com a internet 5G — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Apesar de ser possível obter o sinal 5G em alguns centros brasileiros há algum tempo, a cobertura existente é o 5G DSS (também chamado de "5Gzinho"), que utiliza antenas de 4G para propagar sinal de 5G. Apesar de ser 2,4 vezes mais rápido que o 4G, ele não é tão rápido quanto o 5G SA, que é a conexão em capacidade máxima.

O TechTudo testou o sinal na capital federal nesta segunda-feira (4). Os testes foram realizados a partir de um iPhone 13 (Apple), modelo compatível com a tecnologia. Os resultados foram obtidos no Setor de Diversões Norte, próximo à Rodoviária do Plano Piloto.

A latência da conexão 5G no centro de Brasília variou entre 15 ms e 17 ms — Foto: Danilo Paulo de Oliveira/TechTudo

No domingo (3), os resultados foram ainda melhores, com velocidade de download beirando os 950 Megabits por segundo (Mb/s). Desta vez, o teste foi realizado na SQN 103 -- região central de Brasília.

Velocidade do 5G em Brasília alcançou mais de 900 Mbps neste domingo (3) — Foto: Danilo Paulo de Oliveira/TechTudo

Usuários da Vivo também fizeram testes

Cronograma da implementação

De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), todas as capitais do país devem ter o 5G funcionando até 29 de setembro. À princípio, a tecnologia chegaria em julho em todas as capitais, mas dificuldades com a importação e instalação de equipamentos fez com que o prazo fosse estendido.

As operadoras Claro, TIM e Vivo, vencedoras da faixa de 3,5GHz do leilão do 5G, cumpriram os requisitos necessários para a liberação do sinal 5G em Brasília. As empresas também instalaram filtros para evitar interferências de outros sinais. A velocidade com que a tecnologia chegou na capital federal se deu pela necessidade de um número menor de antenas e outros equipamentos em relação a outros grandes centros urbanos como São Paulo e Rio de Janeiro.

O cronograma aprovado pela Anatel prevê ainda a liberação da faixa 3,5 GHz para uso do 5G nas demais capitais até o fim de agosto, com ativação da rede até o dia 29 de setembro. Para os outros 5.567 municípios brasileiros, o calendário vai até 2029.

Mais do TechTudo