Jogos de cartas
Publicidade

Por Felipe Vinha, para o TechTudo


Card Shark é o novo game do estúdio Nerial, famoso pela série Reigns, e lançado oficialmente em junho pela Devolver Digital, de sucessos como Fall Guys e Death’s Door. O jogo de cartas está disponível no PC (Steam) e Nintendo Switch por preços que ficam em torno de R$ 50. No game, a proposta central é ser uma aventura que utiliza baralhos e cartas como plano de fundo, mas que, ao mesmo tempo, não se resume a um simples card game. A ideia é oferecer uma experiência mais ampla, envolvendo enganação, dedução e bastante agilidade na hora de jogar. Confira, a seguir, mais detalhes sobre Card Shark e seus requisitos mínimos para baixar no PC.

Card Shark tem a proposta de ser mais do que um card game; o enredo envolve enganação e agilidade — Foto: Divulgação/Devolver Digital

A história de Card Shark

Na trama, o jogador controla um mestre das artimanhas que vive na França no século XVIII. O personagem é um servo de senhores ricos que não fala, mas que age pelas sombras para manipular as pessoas em prol de seu interesse. A ideia é que trapaças sejam feitas enquanto as jogatinas prosseguem e a ascensão aconteça junto das mudanças na sociedade francesa, enquanto ele conquista mais fortuna, contatos e faz inimizades pelo caminho.

Card Shark tem não apenas uma proposta única por conta de jogabilidade, que foge do cardgame convencional, mas também pelo estilo gráfico bem diferenciado. No game, sai de cena a busca pelo extremo realismo, mais comum em jogos do gênero, e entra uma proposta artística que remete a desenhos traçados à mão e animados com técnicas de stop-motion.

Card Shark tem gráficos artísticos que lembram as pinturas da época — Foto: Divulgação/Steam

Gameplay diferenciada

A jogabilidade do game envolve ainda testes de habilidade, que variam de acordo com o nível do desafio. Em alguns casos, eles envolvem agilidade; já em outros, o foco é a lógica em desafios como a resolução de charadas com um tempo definido. Por isso, é sempre recomendado jogar com um controle e não apenas teclado e mouse, no caso do PC. Para enganar outros personagens e se safar em situações complicadas, é preciso ser rápido e ter atenção para o que se passa na tela.

Com o passar do tempo, o jogador conquista mais habilidades, possibilidades de diálogo e também pode lidar melhor com os desafios. Também é possível acompanhar alianças sendo construídas entre o protagonista e os personagens terceiros. Muito mais do que influenciar nos jogos de carta, Card Shark exige que você tenha dedicação nos diálogos e use isso em seu favor.

Para se dar bem em Card Shark, é preciso persuasão e dissuasão — Foto: Divulgação/Devolver Digital

No geral, jogar Card Shark é uma experiência que pode render momentos únicos e surpreendentes. Ainda que tenha gráficos mais simples do que jogos de proposta semelhante, o game pode agradar quem busca por um game que não foca na ação, mas sim no desenvolvimento lento e cadenciado. Cada conversa conta e cada escolha que o personagem do jogador fizer também. A principal dica é sempre pensar bem antes de escolher.

Card Shark: requisitos mínimos

No caso do Nintendo Switch para o jogo funcionar basta ter o console sempre atualizado na versão de sistema mais recente. Já para PC, Card Shark requer um computador com, no mínimo, a seguinte configuração:

Card Shark Requisitos

Configuração mínima
Sistema operacional Windows 7 ou MacOS 10.9.5
Processador Intel Core i3-530 (2*2930) / AMD A8-3850 (4 * 2900)
Memória 4GB
Placa de vídeo ntel HD Graphics / Radeon HD 6550D
Espaço disponível 2GB

Com informações de GameRant, Polygon, The Guardian

Mais do TechTudo