Publicidade

Por Shoptime

Reprodução/Shoptime

A instalação de uma câmera de segurança é importante para aumentar a sua tranquilidade, proteger sua família e seu patrimônio em casa, no escritório ou na sua empresa, ou apenas para monitorar seu bebê no quarto ou seu pet durante o dia. Mas qual o tipo de câmera certa para cada situação? O Shoptime ajuda você a fazer a melhor escolha.

A decisão por um modelo ou sistema de câmeras de segurança começa pelo tipo de tecnologia de imagem e comunicação de dados que será utilizada. Atualmente, encontramos três formatos no mercado: câmera analógica, IP e Wi-Fi.

O que é uma câmera de segurança analógica?

As câmeras de vigilância com tecnologia analógica são as mais simples, de menor custo e não dependem de sinal de Internet. Porém, vão exigir a instalação de cabos e um circuito interno de TV para monitorar e armazenar as imagens gravadas.

Com essas câmeras, as imagens capturadas são transmitidas por cabos até um dispositivo gravador DVR, que converte o sinal e armazena as gravações.

Uma vantagem é a boa compatibilidade de câmeras, cabos e DVRs para montar o circuito de segurança. E existem até mesmo opções de alta resolução que ainda usam o padrão analógico.

O que é uma câmera de segurança IP?

As câmeras de segurança com tecnologia IP são mais modernas do que as analógicas. Elas utilizam cabos de rede do tipo PoE (Power over Ethernet), que fazem a alimentação de energia e a transferência de dados ao mesmo tempo, o que simplifica a instalação. O circuito é completado com um gravador digital de vídeo, que guarda as imagens.

As imagens resultantes de câmeras IP são em padrão digital e costumam apresentar maior qualidade com menor interferência, na comparação com as analógicas. Outra vantagem é a possibilidade de conectar o sistema de segurança à Internet, a aplicativos e empresas que fazem o monitoramento dos ambientes à distância e o arquivamento das imagens.

Como funciona uma câmera de segurança Wi-Fi?

As câmeras de vigilância Wi-Fi são as mais modernas, versáteis e inteligentes, pois funcionam de forma independente, sem cabos de rede ou gravadores. Basta um cabo de alimentação de energia e a conexão com a rede de Internet sem fio para configurar uma câmera desse tipo.

Muitas câmeras Wi-Fi possuem sensor de movimento e o usuário define se elas vão gravar o tempo todo ou apenas quando captarem algo.

As imagens são capturadas em formato digital e guardadas em um cartão de memória, inserido na própria câmera. O usuário pode acessar as gravações por um aplicativo da fabricante, instalado em seu smartphone, ou diretamente do cartão de memória com um leitor plugado a um computador.

Alguns modelos podem oferecer mais espaço para as imagens e gravação pela Internet em nuvem ou servidores dos fabricantes, o que costuma ser pago à parte.

Uma vantagem das câmeras Wi-Fi é sua mobilidade: é possível instalá-las nas paredes, no teto, apoiá-las em móveis e mudá-las de lugar facilmente, dependendo da necessidade, apenas mantendo a conexão com o Wi-Fi e encontrando outro ponto de energia.

Quais os tipos de câmera de segurança?

Existem alguns modelos e formatos de câmeras de segurança para usos diferentes.

- Câmera Bullet: é o tipo mais comum, mais indicado para ambientes externos e para espaços onde a câmera fica em evidência, justamente para facilitar o monitoramento e aumentar a segurança

- Câmera Dome: em formato de domo, são câmeras mais compactas e indicadas para instalação no teto ou parede de ambientes internos. A lente fica protegida e pode ser rotativa. Também costuma oferecer uma imagem quase panorâmica

- Câmera Speed Dome: versão da Dome mais usada para vigilância profissional em espaços movimentados ou por centrais de segurança. A lente também fica protegida e pode ser movimentada em todas as direções

- Câmera Pinhole - microcâmera para vigilância discreta e para filmagens escondidas.

Qual a melhor escolha em câmera de segurança?

A melhor tecnologia e o melhor formato de câmera de segurança depende do ambiente onde ela será instalada. Para empresas e escritórios mais amplos, a opção mais indicada costuma ser as câmeras IP cabeadas, com instalação feita por empresas especializadas.

Para ambientes residenciais internos e externos, as câmeras de segurança Wi-Fi vêm se mostrando uma opção interessante, em razão da facilidade de instalação, da possibilidade de mudar os dispositivos de lugar e de acrescentar novas câmeras ao mesmo "circuito residencial", organizado via aplicativo.

De toda forma, especialistas indicam que, além do custo e da instalação, é importante verificar alguns pontos para o uso no dia a dia:

- facilidade do uso do aplicativo e como funciona o acesso às gravações

- qual a qualidade das imagens (HD, HD+, Full HD, 2K e até 4K)

- quanto tempo de gravação a câmera armazena no cartão de memória e quanto custa o serviço de nuvem ou armazenamento nos servidores da fabricante

- se possui sensor de movimento, gravação noturna ou com infravermelho

- se possui áudio bidirecional para comunicação pela câmera, por exemplo, para você falar com alguém no seu portão

- se possui proteção contra água e poeira, para ser instalada em ambientes externos

- e integração com assistentes virtuais da sua casa inteligente.

Com essas informações, você já pode passar pelo Shoptime para pesquisar os modelos de câmera de segurança e outras ofertas.

Visite o site ou baixe o app do Shoptime para acompanhar suas entregas e aproveitar mais vantagens para comprar online.

Shoptime
Mais do TechTudo