Publicidade

Por Felipe Vinha, para o TechTudo


A E3 2023 teve sua edição presencial confirmada para a segunda semana de junho do próximo ano, em Los Angeles, EUA, conforme anunciado nesta quinta-feira (7). A Entertainment Software Association (ESA), dona do evento, revelou ainda, em nota oficial, que a organização será compartilhada com a produtora ReedPop. Esta é uma companhia especializada em realização de eventos de grande e médio porte – entre eles PAX Gaming, EGX, Star Wars Celebration e New York Comic-Con. A E3 também retorna para sua casa mais tradicional no ano que vem, o Los Angeles Convention Center.

Tanto ESA quanto ReedPop prometem revelar uma data mais específica para a E3 2023 em breve. A segunda semana de junho de 2023 compreende os dias 4 a 10 do mês. Outras edições da E3 costumam acontecer durante vários dias, englobando semana e fim de semana.

E3 2023 retorna na segunda semana de junho com formato presencial e nova organização da ReedPop — Foto: Divulgação/ReedPop

👉 Nintendo Switch Pro vai ser anunciado na E3? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo

A união entre ESA e ReedPop pode trazer mais benefícios para a realização da E3. Os eventos já organizados pela empresa são famosos por sua qualidade, atrações marcantes e momentos dignos de nota para o público. A Star Wars Celebration, por exemplo, é palco anual de grandes anúncios para a saga cinematográfica. Já a Comic-Con de New York é uma das principais no mundo todo – em 2021, ainda durante a pandemia, 150 mil pessoas participaram do evento.

Retorno da E3 já era previsto

Em junho, Stan Pierre-Louis, diretor da ESA, falou ao The Washington Post que a E3 retornaria em 2023, com seu formato tradicional e também com uma versão online. A notícia vem após três anos de problemas envolvendo o evento e sua organização, com dificuldades geradas a partir da pandemia da COVID-19 e outros fatores, como a concorrência com apresentações online de empresas – Sony, Nintendo, Microsoft, Bethesda, Ubisoft, entre outras.

Retorno da E3 deve competir com apresentações online de outras empresas — Foto: Divulgação/ESA

Tanto Sony quanto Microsoft, por exemplo, usaram eventos online para revelar ao mundo detalhes de seus novos consoles, Xbox Series S, Xbox Series X e PS5. Neste meio tempo houve ainda a criação da Summer Game Fest, que nasceu no vácuo da E3 e é organizada pelo jornalista Geoff Keighley, que criou ainda a premiação The Game Awards. Os dois eventos de Keighley serviram de palco para grandes anúncios e revelações para o público, como Gotham Knights, expansão de Cuphead, Star Wars e um game da Mulher-Maravilha.

Em 2020, a E3 foi totalmente cancelada por conta da pandemia. Já em 2021 ela foi realizada como apresentação online, de forma mais tímida. A edição de 2022 chegou a ser considerada em formato virtual, mas foi cancelada em março deste ano, com a justificativa de focar na produção da edição de 2023, o que deve acontecer, se tudo seguir como planejado, pelas novas organizadoras.

Com informações de GamesIndustry

Mais do TechTudo