Placas
Publicidade

Por Fernando Sousa, para o TechTudo


GTX 1660 Super e GTX 1660 TI são placas de vídeo da Nvidia que foram lançadas em 2019. As duas chegaram para o público com um intervalo de oito meses de diferença, e ambas continuam sendo soluções interessantes para quem procura uma GPU mais barata capaz de executar jogos modernos. Os modelos trazem um bom volume de memória e prometem performance para games em Full HD com níveis de textura elevados.

Atualmente, as placas podem ser encontradas no mercado nacional por valores que partem dos R$ 1.799. Por já terem um certo tempo de mercado, GTX 1660 Super e GTX 1660 TI estão disponíveis em versões de diversas fabricantes parceiras da Nvidia, o que faz com que exista uma boa variedade de designs e soluções térmicas no mercado brasileiro. A seguir, o TechTudo compara as especificações das placas de vídeo para te ajudar a decidir em qual modelo investir.

Modelo de referência da GTX 1660 Ti de 2019 — Foto: Divulgação/ Nvidia

Especificações

Com um intervalo curto entre seus lançamentos e sendo duas placas da arquitetura Turing, não existem muitas diferenças em relação às especificações das GPUs. Mesmo que haja um ou outro item de destaque para uma delas, a tendência é que os modelos ofereçam experiências bastante semelhantes aos usuários.

Enquanto a GTX 1660 TI conta com mais núcleos CUDA, a GTX 1660 Super promete entregar um clock um pouco mais elevado. Quanto às memórias, as duas placas oferecem 6 GB no padrão GDDR6, que é um dos mais avançados do segmento.

As duas placas prometem oferecer suporte a múltiplos monitores e a resoluções de até 7680 x 4320, além de frequências de até 120 Hz. Os dois modelos não oferecem suporte aos novos recursos de Ray Tracing e DLSS, que por sua vez só estão presentes em placas da linha RTX entre os modelos da Nvidia.

Performance

Asus TUF GTX 1660 Super pode ser utilizada em jogos competitivos populares — Foto: Divulgação/Asus

Com tamanha similaridade em suas especificações, a tendência seria mesmo que as placas entregassem um nível de performance muito parecido. Isso pode ser verificado quando analisamos testes de sites especializados em benchmarks.

Na velocidade efetiva, os testes apontam uma vantagem de 8% para a GTX 1660 TI, enquanto em jogos, a vantagem da placa tende a ser de apenas 2%. Como mencionado anteriormente, as GPUs são indicadas para jogos em Full HD, prometendo desempenho até mesmo para games competitivos populares — nos quais é interessante atingir uma taxa de quadros acima dos 100 FPS.

Consumo

O consumo é mais um ponto no qual as placas são muito similares, com uma diferença sutil. A GTX 1660 Super, segundo a fabricante, requer 5 W a mais que o modelo lançado anteriormente.

As semelhanças não param por aí, uma vez que as duas placas utilizam um conector complementar de oito pinos para energia e têm como fonte recomendada uma PSU de ao menos 450 W.

Recursos

GeForce GTX 1660 Ti tem sistema de arrefecimento mais robusto — Foto: Divulgação/Galax

As duas placas oferecem suporte a API DirectX 12 e à realidade virtual. Além disso, ainda há compatibilidade com os principais recursos do software que gerencia os drivers para jogos da Nvidia.

A principal diferença quanto aos recursos fica por conta do suporte ao Nvidia Broadcast, que só está presente na GTX 1660 Super. Esse é um recurso que adiciona muitas funcionalidades especiais para quem utiliza a GPU para fazer streaming.

Preço e disponibilidade

As placas têm aparecido no mercado brasileiro por valores a partir dos R$ 1.799. Os dois modelos ainda podem ser facilmente encontrados em versões de diversas fabricantes parceiras da Nvidia.

Para quem quer economizar ainda mais, vale considerar modelos usados, uma vez que muitos usuários trocaram as placas da linha GTX por modelos da série RTX. Isso faz com que exista uma boa oferta de GTX 1660 TI e GTX 1660 Super usadas.

Gigabyte GTX 1660 Super OC tem duas ventoinhas — Foto: Divulgação/Gigabyte

Custo benefício

Considerando o cenário atual, no qual as placas aparecem por praticamente o mesmo preço, a aquisição da GTX 1660 TI acaba fazendo mais sentido. Isso porque oferece um pequeno ganho quando consideramos desempenho e ainda consome um pouco menos de energia.

Como dito antes, a tendência é que as placas ofereçam uma performance muito similar. Dessa forma, seja qual for a escolha do usuário, a experiência em jogos e em aplicações que exploram os recursos da GPU deve ser muito parecida.

Ficha técnica de GTX 1660 TI e GTX 1660 Super

GTX 1660 TI vs GTX 1660 Super

Especificações GTX 1660 TI GTX 1660 Super
Lançamento fevereiro de 2019 outubro de 2019
Preço a partir de R$ 1.799 a partir de R$ 1.799
Núcleos CUDA 1.536 1.408
Clock base/Boost 1.500/1.770 MHz 1.530/1.785 MHz
Memória 6 GB GDDR6 6 GB GDDR6
Interface de memória 192 bit 192 bit
VR Ready sim sim
Conectores DisplayPort 1.4 / HMDI 2.0 / DVI-DL DisplayPort 1.4/ HMDI 2.0 / DVI-DL
Energia da placa 120 W 125 W
Fonte recomendada 450 W 450 W
Energia complementar 1x oito pinos 1x oito pinos

No vídeo abaixo, veja como descobrir o modelo da sua placa-mãe

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Mais do TechTudo