Celular
Publicidade

Por Pedro Cardoso, para o TechTudo

Reprodução/Jon Prosser

O iPhone 14 deve chegar no fim deste trimestre com o novo processador A16 Bionic nas versões mais potentes e caras. A tecnologia estaria exclusivamente no iPhone 14 Pro e no iPhone 14 Pro Max, segundo relatos do analista Ming-Chi Kuo, que é famoso pelo seu conhecimento sobre a cadeia de suprimentos da Apple.

Desta forma, os modelos iPhone 14 e iPhone 14 Max – que também está sendo chamado de iPhone 14 Plus – podem repetir o chip A15 Bonic que marca presença atualmente no iPhone 13 Pro e derivados. Vale dizer que, segundo o relatório, a marca deve aumentar a proporção de celulares flagships em até 60% em relação aos modelos padrões da linha.

iPhone 14 deve adotar câmera minúscula no lugar do notch — Foto: Reprodução/MacRumors

A Apple estaria interessada em focar os esforços de venda nos modelos Pro, o que pode deixar o iPhone 14 padrão em segundo plano. Por causa deste crescimento, como ressalta o site GSM Arena, as fornecedoras de peças também devem perceber um aumento de receitas entre 20% a 30%, na comparação com a geração passada.

Outro ponto levantado pelo relatório é a possibilidade de que as prometidas melhorias de câmeras também só estejam disponíveis no iPhone 14 Pro e 14 Pro Max. Isso porque, de acordo com Kuo, os novos sensores da Sony e as matrizes de correção de cores da LG Innotek, devem estar disponíveis somente nos aparelhos topo de linha.

iPhone 13 Pro Max — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Rumores apontam que o iPhone 14 Pro Max pode ser o celular mais caro da história da Apple, com o preço sugerido no lançamento de US$ 1.699 nos Estados Unidos. Daria algo em torno de R$ 9.020 em conversão direta.

Além disso, a nova linha de smartphones da Apple pode ter melhorias na bateria e aumento na memória RAM. No entanto, somente o segmento Pro pode estrear num notch em formato de pílula, mais discreto que a versão atual.

Com informações de GSM Arena

Saiba tudo sobre a chegada do 5G ao Brasil; confira no vídeo abaixo

Saiba tudo sobre a chegada do 5G ao Brasil

Saiba tudo sobre a chegada do 5G ao Brasil

Mais do TechTudo