Monitor
Publicidade

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Na hora de comprar um monitor novo, modelos com 60 Hz ou 144 Hz são opções disponíveis no mercado. Dispositivos com 60 Hz são mais fáceis de serem encontrados, mas quem está de olho em mais performance e uma experiência mais fluída pode investir em telas de alta velocidade, na faixa de 144 Hz ou mais. Isso porque telas de maior velocidade garantem mais fluidez, representam menor latência e podem até melhorar a experiência de curtir filmes em casa.

No entanto, além do monitor, não se pode esquecer de um hardware compatível com a tecnologia mais avançada, que consiga atingir tal desempenho. A seguir, o TechTudo explica melhor como funciona a noção de frequência de tela e qual é a diferença entre monitores de 60 Hz ou 144 Hz.

Monitores gamer de maior velocidade são item desejado por quem deseja maior performance e qualidade de imagem — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Velocidade de tela

Nós não percebemos, mas a tela do computador (do celular e da TV também) trocam de imagem várias vezes por segundo. Mesmo sem o PC fazer nada, mostrando apenas a sua área de trabalho, a tela está ocupada executando uma nova imagem a cada 16 ms (milissegundos), o que resulta em 60 trocas por segundo (em um monitor de 60 Hz).

Um monitor de 144 Hz terá mais que o dobro dessa velocidade e será capaz de trocar imagens 144 vezes dentro de um segundo — ou seja, um novo quadro a cada 6,9 ms. O efeito prático dessa grande diferença de velocidade é que a tela poderá apresentar imagens mais fluidas, além de representar um ganho relevante na diminuição do chamado input lag.

Por que monitores mais rápidos são melhores?

Monitores de alta velocidade de atualização são recomendados para gamers — Foto: Divulgação/Asus

Telas que atualizam mais rapidamente geram imagens mais fluidas porque o intervalo entre a troca de cada frame se torna ainda mais difícil de perceber. Algumas pessoas são mais sensíveis a essa diferença, mas esses ganhos são aparentes especialmente na hora de curtir games e também filmes.

Em filmes, há uma situação também importante: telas de 144 Hz serão capazes de mostrar obras do cinema em ritmo correto. Isso acontece porque 144 é perfeitamente divisível por 24, taxa em que longas são produzidos. Como monitores de 60 Hz não dão conta de mostrar três frames num segundo (24 x 3 = 72), os filmes acabam perdendo um pouco do aspecto original da sala de cinema.

Além de permitir imagens mais fluídas na tela, monitores mais rápidos podem representar uma vantagem competitiva em jogos. Como essas telas reproduzem mais informação por segundo, você pode visualizar algumas ações do inimigo antes de um adversário que usa um monitor mais lento.

Não esqueça do hardware

Monitor Asus ROG Strix XG27VQ é um exemplo de tela com 144 Hz — Foto: Divulgação/Asus

A tela de alta velocidade, sozinha, não faz milagre. Assim, o o monitor depende de que seu computador tenha hardware de performance elevada o suficiente para garantir que a velocidade da tela seja de fato aproveitada.

É fácil entender o porquê: com um display de 144 Hz, seu sistema precisa ser capaz de gerar 144 novos quadros a cada segundo. Se você joga em alta resolução, como em 4K, trata-se de mais de 8 milhões de pixels repetindo-se 144 vezes por segundo, cada um deles com informações precisas de cor, luz e textura.

Por conta disso, lembre-se de dimensionar corretamente o seu hardware para atender o nível de performance que você espera na hora de investir em uma nova tela para o seu desktop.

Com informações de RTINGS.com, Dot Esports e GeeksforGeeks

No vídeo abaixo, veja como montar um PC gamer sem gastar muito

5 dicas para comprar um PC gamer bom e "barato"

5 dicas para comprar um PC gamer bom e "barato"

Mais do TechTudo