Navegadores
Publicidade

Por Barbara Mannara, Para o TechTudo


O Chrome é conhecido por ser um dos maiores vilões no consumo de memória e processamento de computadores e dispositivos móveis. Mas essa fama parece estar com os dias contados. O navegador está testando um recurso que pode ajudar a economizar a bateria de notebooks e celulares. Chamada de "Quick Intensive Throttling" ("Aceleração Intensiva e Rápida", em tradução livre), a função promete reduzir o uso da CPU em 10% e, com isso, diminuir o consumo de bateria. A novidade foi divulgada no último domingo (10) pelo site Bleeping Computer e já pode ser testada pelos usuários.

O recurso é uma evolução da função "Intensive Wake Up Throttling" ("Processamento Intensivo de Despertar", em tradução livre), liberada na versão 87 do Chrome, em 2020. Ela limitou a execução de códigos JavaScript em abas do navegador que não estão em uso ou foram ocultadas por mais de cinco minutos, permitindo uma melhor distribuição do uso de memória. Após a mudança, os desenvolvedores perceberam, a partir de projeções em um Chromebook, que o uso da CPU dos dispositivos reduziu em até cinco vezes. O tempo da bateria, por sua vez, aumentou em até 1,25 horas.

Nova função do Google Chrome pode ajudar a economizar sua bateria de computadores e celulares — Foto: Getty Images

Dado o sucesso desse teste, a função "Quick Intensive Throttling" busca ir além e reduzir o tempo de "carência" dessas guias de cinco minutos para 10 segundos. Ou seja, as guias que não forem utilizadas no navegador por mais de 10 segundos terão menos ativações do sistema, economizando recursos de processamento e consumindo menos bateria durante o uso do Chrome.

Vale lembrar que isso não significa que o equipamento passará a gastar 10% menos de carga total. O recurso afeta apenas o gasto do navegador Chrome — mas muitos outros quesitos no sistema e no uso do aparelho afetam a bateria de um eletrônico. Mesmo assim, a economia de energia promete ser perceptível.

Como testar o novo recurso no Chrome

A função já pode ser testada por usuários na versão do Chrome para desenvolvedores. Para isso, é necessário instalar a versão mais recente do browser por meio do Chrome Canary www.google.com/chrome/canary) ou Chrome Dev (www.google.com/chrome/dev/?extra=devchannel&platform=win64). Ao abrir o navegador, digite na barra de endereços: "chrome://flags/#quick-intensive-throttling-after-loading" (sem aspas). Então, marque o recurso como "Ativo" e reinicie o Chrome.

Com informações da BleepingComputer

Veja também: sete truques e jogos escondidos no Google

Brincadeiras do Google: veja 7 truques e jogos escondidos no buscador

Brincadeiras do Google: veja 7 truques e jogos escondidos no buscador

Mais do TechTudo