Smartwatches
Publicidade

Por Danilo Paulo de Oliveira, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

A próxima geração do Apple Watch deve ganhar uma função de saúde que pode ser determinante para muitos usuários. O modelo de 2022 viria com sensor de temperatura para dizer se a pessoa está com febre, de acordo com o analista Mark Gurman, da Bloomberg, que se especializou em vazamentos sobre a Apple.

Hoje em dia, smartwatch da Apple já possui recursos voltados à saúde e ao bem-estar, como oxímetro e eletrocardiograma. A expectativa é de que a presença do suposto novo sensor corporal auxilie usuários a identificar sintomas de algumas doenças, inclusive da Covid-19.

Apple Watch pode ser lançado em setembro com sensor de temperatura corporal — Foto: Divulgação/Apple

São poucos os relógios inteligentes que possuem termômetro capaz de detectar a temperatura corporal. De acordo com as especulações, o Apple Watch 8 não deverá exibir nem a temperatura exata do corpo, como alguns modelos já fazem. Em vez disso, o sensor será utilizado para notificar se o usuário está com febre ou não, além de possivelmente recomendar que procure ajuda médica.

A novidade estaria sendo testada pela Apple e a presença dela na próxima geração dependeria do sucesso dos experimentos. Isso significa que a gigante de Cupertino pode desistir da ideia caso o sensor apresente baixa precisão.

Gurman faz ressalvas em relação ao possível novo recurso. Segundo o jornalista, o sensor de temperatura corporal não deve estar disponível na versão SE do Apple Watch, que também deve ser anunciada neste ano. O recurso seria exclusivo da série 8 convencional e de uma edição robusta do Apple Watch que estaria sendo desenvolvida para praticantes de esportes radicais.

Como de costume, a Apple não confirmou nenhum dos rumores levantados. A nova geração do relógio inteligente da empresa deve ser lançado em setembro, junto com o iPhone 14. Aliás, a próxima geração do smartphone deve ser a mais cara de todos os tempos.

Com informações de Bloomberg

Mais do TechTudo