Redes sociais
Publicidade

Por Kátia de Jesus Zamboni Moura, para o TechTudo

John Schnobrich/Unsplash

Lançado em 1997, o SixDegrees (sixdegrees.com) é considerado a primeira rede social da história da Internet. O site foi pioneiro ao oferecer recursos que são comuns nas plataformas de hoje, como se conectar com outros usuários, criar perfis e organizar grupos. A rede foi batizada conforme a Teoria dos Seis Graus de Separação, que afirma que todas as pessoas do mundo estão interligadas por seis laços de amizade. Seria possível, portanto, se conectar com qualquer pessoa do planeta tendo apenas seis conhecidos em comum. Precursor de redes como Orkut, Facebook e Instagram, o SixDegrees chegou a ter cerca de 3,5 milhões de usuários até seu fim, em 1999.

Criada nos Estados Unidos por Andrew Weinreich, o SixDegrees tinha como objetivo estabelecer contatos e fazer conexões pela Internet. Para alcançar potenciais novos membros, a plataforma enviava e-mails informando ao destinatário que determinada pessoa o havia adicionado como amigo e convidando-o a fazer parte da rede. Hoje defasada, a estratégia de recrutamento foi bastante inovadora e eficaz à época, quando as caixas de entrada não eram lotadas de mensagem, e a chegada de um e-mail novo era notada.

SixDegrees: primeira rede social da Internet chegou a ter mais de 3 milhões de usuários — Foto: Divulgação/SixDegrees

O que é tecnologia pra você? Comente no Fórum do TechTudo

Teoria dos seis graus de separação

Com o slogan "Você se surpreenderia ao saber quem você conhece", o SixDegrees baseava-se nos estudos científicos da teoria dos seis graus de separação. Segundo a hipótese, é possível se conectar com qualquer pessoa no mundo tendo apenas seis laços de amizade em comum. Ou seja, seriam necessários seis amigos para você chegar a personalidades como Barack Obama e Bill Gates, porque um deles pode estar conectado a alguém próximo a você.

A teoria foi testada por vários estudiosos e analisada por personalidades como Mark Zuckerberg. Em 2016, o CEO da Meta chegou a analisar a base de usuários do Facebook e concluiu que cada pessoa do mundo (pelo menos entre os 1,59 bilhão de usuários ativos no Facebook na época) pode estar ligada com todas as demais por uma média de 3,5 graus de separação.

SixDegrees: a primeira rede social da Internet — Foto: Reprodução/Kátia Moura

Declínio

Após a adição de amigos na rede, o SixDegrees não oferecia recursos atrativos o suficiente para reter os usuários na plataforma. Nos anos 1990, as pessoas ainda não estavam tão receptivas ao conceito de rede social e não viam sentido em se conectar a desconhecidos. Além disso, a conexão à Internet da época era lenta e bastante instável, de forma que nem todos os usuários registrados participavam ativamente da rede social.

Com a falta de interesse do público, o site passou a enfrentar cada vez mais problemas financeiros, o que eventualmente levou ao seu fim. Em 1999, o SixDegrees foi vendido para a YouthStream Media Networks por US$ 125 milhões, sendo desativado no ano seguinte. Sua criação, entretanto, serviu como base para o surgimento de outras plataformas com recursos parecidos e que ainda hoje fazem sucesso.

Com informações de SixDegrees

Veja também: quatro coisas que o Instagram sabe sobre você

4 coisas que o Instagram sabe sobre você.

4 coisas que o Instagram sabe sobre você.

Mais do TechTudo