Placas
Publicidade

Por Filipe Garrett, para o TechTudo

Divulgação/AMD

Radeon RX 6900 XT e GeForce RTX 3090 são placas de vídeo top de linha e estão entre as mais poderosas do mercado na atualidade. Ambas as GPUs dão conta de games em 4K, oferecem suporte a Ray Tracing e são garantia de alta performance e de bom desempenho em jogos por alguns anos. Tudo isso, é claro, tem um preço: a mais barata entre as duas não sai por menos de R$ 5.999 atualmente.

A RTX 3090 tem muito mais memória e apresenta performance superior, mas será que a diferença é suficiente para compensar os preços mais altos? Descubra esses e outros detalhes no comparativo a seguir..

GeForce RTX 3090 é uma das placas de vídeo mais poderosas do mundo no momento — Foto: Divulgação/Nvidia

Especificações

Entre as duas placas, a RTX 3090 é um pouco mais antiga no mercado. A top de linha da Nvidia é construída em torno do processador gráfico (GPU) GA102, composto de 10.496 núcleos CUDA. Além desses núcleos, a placa GeForce tem ainda 82 núcleos RT dedicados ao Ray Tracing e 328 núcleos Tensor, usados para acelerar tarefas de inteligência artificial e indispensáveis para o suporte a DLSS.

Já a placa da AMD tem um processador gráfico designado como Navi 21. Essa GPU tem 5.120 processadores stream dispostos em 80 unidades computacionais. Assim como a rival, há o reforço de componentes de hardware para Ray Tracing: a RX 6900 XT oferece 80 dessas unidades. Diferentemente da placa da Nvidia, a AMD não tem nenhuma tecnologia de reconstrução de imagem com inteligência artificial.

Nas velocidades, a arquitetura da AMD é mais agressiva e produz números mais altos. A RX 6900 XT pode bater 2.250 MHz de velocidade máxima com o turbo, enquanto o clock base é listado em 1.825 MHz. Segundo a marca, a Radeon vai operar numa faixa estável de 2.015 MHz na execução de games. Do lado da Nvidia, a GeForce chega a 1.695 MHz por meio de turbo, enquanto o clock padrão é de 1.395 MHz.

Em relação à memória RAM, a RTX 3090 reserva 24 GB de GDDR6 que, acionados por uma interface de 384 bits, conseguem trocar 936,2 GB/s de dados com o processador gráfico. Do lado da AMD, a conta fica em 16 GB de GDDR6 que, com via de 256 bits, permitem trânsito de 512 GB/s. A diferença é expressiva, mas a AMD compensa o déficit em um uso inteligente de caches de alta velocidade associados à GPU.

Desempenho

Top de linha da Nvidia é melhor especialmente com Ray Tracing e DLSS — Foto: Divulgação/Nvidia

O site especializado Tom’s Hardware fez um comparativo levando em conta 13 games recentes em resoluções Full HD, 1440p 4K, com e sem Ray Tracing e DLSS. Considerando o desempenho das duas placas ao encarar games 4K, o desempenho foi bem parecido, com uma vantagem média de 8% em favor da placa da Nvidia.

Já com Ray Tracing ativo, a vantagem é ampla da Nvidia: mais madura nesse quesito, a arquitetura da GeForce rende mais ao simular efeitos reais de luz em tempo real. Na média, a 3090 se mostra 43% mais rápida com Ray Tracing ligado e resoluções a 1440p.

Por fim, há o DLSS. Com a tecnologia de reconstrução de imagens usando IA ligada, a vantagem da placa da Nvidia chega a expressivos 62% na média.

Recursos

RX 6900 XT não oferece alternativa que iguale o DLSS — Foto: Divulgação/AMD

Descontadas as diferenças em performance, as duas placas gráficas oferecem recursos e tecnologias bem atuais, como o Ray Tracing e, no caso da Nvidia, o DLSS. A Radeon conta com o FSR 2.0 como tecnologia de reconstrução de imagem (um tipo de upscaling mais eficiente, de olho em uma mescla de ganho de performance e qualidade de imagem). A tecnologia da AMD é funcional, mas não gera os mesmos resultados do DLSS.

Além desses aspectos mais direcionados às placas em si, as duas marcas agregam funções especiais em seus softwares de controle. Há ferramentas de captura de tela e gravação de vídeos, facilitadores para criar configurações especiais para games e muito mais nos apps de AMD e Nvidia.

Consumo

Ambas poderosas, as placas de Nvidia e AMD têm alto consumo. A GeForce precisa de até 350 W para funcionar em máxima performance, enquanto a Radeon requer 300 W. Para você comparar, este é basicamente o teto de um console de última geração inteiro, com processador, SSD e placa gráfica.

Essas medidas divulgadas pelos fabricantes indicam a quantidade de energia que a placa precisa para funcionar de forma estável quando submetida a um regime de alta performance. Para ter uma ideia do consumo elétrico real, aquele que você paga na conta de luz, você teria de multiplicar a energia em Watts pela quantidade de horas. Só tenha em mente que, na prática, sua placa nunca vai operar a 100% o tempo todo.

Além desses dados, tanto AMD como Nvidia informam a potência mínima que uma fonte precisa ter para dar conta de alimentar as GPUs e o restante do sistema. Para o caso da GeForce, são 750 W, enquanto a Radeon precisa de 700 W.

Preço e disponibilidade

GeForce RTX 3090 é poderosa, mas custa bem mais — Foto: Divulgação/Nvidia

A RTX 3090 é a placa mais cara entre as duas e vai custar bastante. Os modelos mais em conta no mercado brasileiro, hoje, não saem por menos de R$ 9.999 em lojas de boa reputação. Dito isto, opções custando R$ 12 mil ou mais são bem comuns.

Já a RX 6900 XT é mais acessível. Nas nossas pesquisas, identificamos anúncios com a Radeon saindo por R$ 5.999. Está longe de ser um acessório barato para as realidades brasileiras, mas é praticamente a metade do preço da GeForce

Custo-benefício

Qualquer uma das duas é uma escolha para atender a usuários e gamers exigentes. Quem tiver exigência pela maior performance possível encontra na RTX 3090 a melhor escolha. A placa proporciona mais resultado no 4K, roda melhor com Ray Tracing ativado e ainda tem o DLSS como carta na manga.

A questão é: até onde vai a sede por alta performance? A RX 6900 XT está longe de ser uma placa de má qualidade. Mesmo com déficit em performance em comparação, ela ainda é uma opção viável para jogar em 4K, além de trazer Ray Tracing, tudo isso custando, em muitos casos, praticamente a metade do valor cobrado pelas RTX 3090 mais "baratas".

Ficha técnica de RX 6900 XT e GeForce RTX 3090

AMD Radeon RX 6900 XT vs. Nvidia GeForce RTX 3090

Especificações Radeon RX 6900 XT GeForce RTX 3090
Lançamento dezembro de 2020 setembro de 2020
Núcleos 5.120 núcleos 10.496 núcleos
Velocidade 1.825 a 2.250 MHz 1.395 a 1.695 MHz
Memória RAM 16 GB GDDR6 24 GB GDDR6
Velocidade de memória 19,5 Gb/s 16 Gb/s
Interface de memória 384 bits 256 bits
Largura de banda 936 GB/s 512 GB/s
TBP 350 W 300 W

Com informações de AMD, Nvidia, Tom’s Hardware e GPU UserBenchmark

A seguir, veja jogos que são considerados os melhores da história e você não sabia

5 jogos que são considerados os melhores da história e você não sabia!

5 jogos que são considerados os melhores da história e você não sabia!

Mais do TechTudo