Publicidade

Por Barbara Mannara, Para o TechTudo


A Samsung está em negociações com a Tesla — marca de carros elétricos — e pode expandir sua presença entre equipamentos automobilísticos. A ideia é que a fabricante sul-coreana forneça o sistema de módulos de câmeras para os veículos da empresa de Elon Musk.

O rumor sobre o acordo entre as gigantes já ronda a internet há algum tempo. Agora, a possibilidade da parceria foi confirmada pela Samsung por meio de um relatório divulgado na última quinta-feira (7) pela agência de notícias Reuters.

Samsung e Tesla podem fechar acordo para equipamento de câmera de carros elétricos — Foto: Divulgação/Tesla

Não é a primeira vez em que as duas marcas aparecem juntas. No ano passado, a Samsung apresentou o ISOCELL Auto 4AC, seu primeiro sensor de câmera para carros. Nessa mesma data, algumas fontes apontaram que esse produto poderia ser utilizado futuramente no Tesla Cybertruck, veículo robusto da Tesla construído com uma carcaça externa — e vidros blindados — feita para máxima durabilidade e proteção dos passageiros. O rumor não foi para frente, na época.

O Cybertruck chegará ao mercado em meados de 2023, segundo o CEO Elon Musk, em uma perspectiva positiva do prazo. No site oficial, é possível "entrar na fila" para adquirir o veículo por meio do pagamento antecipado um card de US$ 100 (cerca de R$ 537, em conversão atual direta). Não há os valores oficiais por lá, nem os detalhes sobre as peças de câmeras que virão de fábrica.

Tesla Cybertruck pode ser lançado em 2023 — Foto: Divulgação/Tesla

Segundo o documento regulatório divulgado semana passada, a Samsung disse que continuará trabalhando no avanço e na diversificação de seus módulos de câmera. Aparentemente, a conversa com a Tesla está só começando. Isso porque a gigante sul-coreana não divulgou o tamanho, nem mais detalhes, da negociação com a empresa de Musk.

Vale lembrar que o desafio integrar os carros da Tesla pode ser mais acirrado do que imaginamos. Outras fabricantes, como a LG e a Sony, podem estar no páreo, caso a Samsung não feche acordo com a a fabricante de veículos elétricos.

Com informações de Android Headlines, Reuters e Tesla

Mais do TechTudo