Qual Comprar?
Publicidade

Por Wagner Edwards, para o TechTudo


O Samsung WindFree Plus e o Midea AirStill são modelos de ar-condicionado split que podem refrigerar e aquecer o ambiente. Além disso, os equipamentos também pode economizar até 82% de energia elétrica no fim do mês.

O AirStill, da Midea, apresenta design mais compacto e leve, e um filtro que promete limpar o ar das bactérias por preços a partir de R$ 2.479. Já o WindFree Plus, da Samsung, pode ser controlado remotamente via aplicativo e conta com funcionamento por inteligência artificial por valores que partem de R$ 2.499. Veja a seguir o comparativo destes modelos.

Samsung WindFree Plus vs Midea AirStill: veja o comparativo dos modelos de ar-condicionado split — Foto: Divulgação/Midea

O que devo levar em conta quando for comprar TV? Tire suas dúvidas no Fórum TechTudo

Nota de transparência: Shoptime e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de julho de 2022.

Design

O ar-condicionado AirStill, da Midea, foi confeccionado em um visual todo branco. Contudo, traz pequenos acabamentos prateados ao redor da abertura das aletas, que acompanha o brilho discreto trazido pelo visor LED da temperatura localizado no lado direito. A parte de cima do corpo apresenta aberturas horizontais, que funcionam para absorver o ar do ambiente.

Já o WindFree Plus, da Samsung, contrasta o visual branco do chassi com uma tela preta, localizada no canto inferior direito, que ajuda o consumidor a visualizar melhor os dígitos em LED, além de possuir aberturas horizontais e bem visíveis na parte superior. Outro ponto que chama a atenção é que ele traz milhares de orifícios para a circulação do ar.

O Samsung WindFree Plus apresenta milhares de orifícios no design para melhor circulação do ar — Foto: Divulgação/Frigelar

As dimensões das unidades internas de ambos os modelos tendem a se aproximar bastante. Enquanto o da Midea conta com design rapidamente mais compacto com 71,5 x 28,5 x 20,5 cm (L x A x P), o da Samsung oferece largura mais robusta com 82 x 29 x 21 cm (L x A x P). A diferença primordial está no peso: o Midea tem pouco mais de 7 kg, enquanto o da Samsung pesa mais de 10 kg.

Até mesmo na comparação das unidades externas, o da Midea também leva a melhor, com dimensões compactas de 38,6 x 55,8 x 46,1 cm (L x A x P) contra a Samsung com 66 x 47 x 24 cm (L x A x P). O peso do Midea traz cerca de 16 kg, e o da Samsung, pouco mais de 23 kg.

Capacidades disponíveis

Um detalhe imprescindível a ser avaliado na hora da compra é a potência de cada produto, classificada pela medida chamada BTUs: quanto maior o número, mais potente é a capacidade do motor da máquina. Enquanto o da Midea está disponível apenas em um modelo com 9 mil BTUs, a Samsung disponibiliza produtos nas variantes de 9 mil, 12 mil, 18 mil, e até 22 mil BTUs.

Contudo, os dois modelos são bastante similares quando se trata da possibilidade de gerenciar ciclos frios e quentes, isto é, resfriar e aquecer. A tecnologia interna de ambos permite ao usuário administrar a forma de ventilação. Este detalhe pode ser crucial para consumidores que não desejam gastar mais para adquirir aquecedores, no caso de viverem em ambientes moderadamente frios.

Tecnologia WindFree promete boa noite de sono com refrigeração sem vento direto — Foto: Divulgação/Samsung

O produto da Samsung garante refrigeração sem produzir vento, o que deve proporcionar mais conforto aos usuários, pois não há presença de ventilação forte e incômoda, que geralmente agride quem fica logo abaixo das aletas.

Em contrapartida, o sistema da unidade interna do Midea não apenas faz uso da tecnologia Inverter, que propicia funcionamento mais silencioso que os modelos convencionais, mas a externa foi confeccionada com um motor de duas velocidades para proporcionar alta potência também com promessa de funcionamento extremamente silencioso.

Capacidade de resfriamento

Os dois modelos fornecem exatamente a mesma capacidade de resfriamento: 9 mil BTUs. E o resultado também se iguala quando avaliamos o Coeficiente de Desempenho (COP): uma variável representada pela relação entre o fornecimento de energia proporcionada pela bomba de calor e a energia que a máquina consome.

Tanto o modelo da Midea quanto o da Samsung apresentam o valor equivalente a 3,24 W/W. Dentre as variantes da Samsung, apenas uma demonstra um valor diferente: o ar condicionado com 12 mil BTU oferta 3,26 W/W.

O AirStill, da Midea, possui uma capacidade de resfriamento equivalente a 9 mil BTUs — Foto: Divulgação/Midea

Consumo de energia

A Samsung oferece modelos com diferentes capacidades de BTU, e cada um oferta um consumo diferente de energia elétrica, sendo: 815 W (9 mil BTU), 1.080 W (12 mil BTU), 1.630 W (18 mil BTU), e 1.990 W (22 mil BTU). Nesta categoria, o Midea de 9 mil BTUs tende a ser mais econômico, pois consome apenas 17,1 W ao mês, valor inferior ao apresentado pelo concorrente.

Além disso, vale lembrar que os dois produtos apresentam a tecnologia Inverter, recurso que promete economizar energia. Enquanto os sistemas de refrigeração convencionais precisam ligar e desligar automaticamente várias vezes, o que acarreta no consumo maior, os itens com o sistema Inverter não ficam completamente desligados, mantendo um funcionamento mínimo, que auxilia a poupar luz, pois exige menos do motor. O modelo da Samsung promete garantir uma economia de 77%, enquanto o Midea garante 82%.

Conexão Wi-Fi

Neste quesito, o Samsung sai na frente porque apresenta características smart de fábrica. O aparelho apresenta conectividade Wi-Fi e pode ser pareado com o aplicativo Smart Things, disponível para Android e iOS. É possível acessar e controlar todas as funções do aparelho remotamente via app, como administrar a temperatura e acompanhar o consumo de energi.

Já o ar-condicionado da Midea necessita de um kit Wi-Fi para funcionar como um produto smart. Contudo, este recurso é vendido separadamente, o que acaba aumentando o valor final a pagar pela tecnologia.

O WindFree da Samsung pode ser controlado remotamente via app — Foto: Divulgação/Getty Images

Recursos extras

Ambos os produtos ofertam tecnologia tanto para resfriar quanto aquecer o ambiente, além do funcionamento Inverter que economiza energia elétrica. Contudo, o Midea promete a emissão de ar puro e fresco em virtude de seu filtro: um recurso com íons de prata o qual dispõe de ação antibacteriana, o que promete ser eficaz no combate a vários tipos de bactérias.

Esta ferramenta auxilia a limpar o ar do ambiente, e pode reduzir a incidência de reações alérgicas a microorganismos. Além disso, possui o modo Eco Noite que garante operação silenciosa para não perturbar o sono. Também tem capacidades de desumidificar e ventilar o ambiente, e de ajustar a temperatura automaticamente.

Midea Airstill traz funcionamento Inverter — Foto: Divulgação/Midea

Já o Samsung promete uma tecnologia silenciosa, cujo funcionamento diz não incomodar o ouvido humano por ser quase imperceptível. Conta ainda com um filtro de tripla camada, capaz de capturar até 99% das bactérias nocivas, vírus e outros alérgenos inativos presentes no ar, assim como poeira fina. Também dispõe do recurso Auto Cooling, uma inteligência artificial que analisa o ambiente e seleciona automaticamente a temperatura ideal.

Preço e disponibilidade

O modelo AirStill, da Midea, fornece filtro antibacteriano para emissão de ar puro, design mais leve e compacto para facilitar a instalação em qualquer ambiente, e um sistema interno que garante a economia de energia elétrica em até 82%. A versão com 9 mil BTUs sai por R$ 2.479 no site da fabricante.

Já o WindFree Plus, da Samsung, garante design mais robusto, aberturas de ar maiores para refrigerar o ar com rapidez e um recurso de inteligência artificial que seleciona a melhor temperatura automaticamente. A versão de 9 mil BTUs está disponível no site da fabricante por valores a partir de R$ 2.499. O modelo com 12 mil BTU está disponível por R$ 2.699,00, enquanto a versão de 18 mil BTU sai por R$ 3.299.

Linha WindFree tem filtros que prometem eliminar vírus e bactérias — Foto: Divulgação/Samsung

Modelos parecidos e concorrentes

O LG Dual Inverter Voice inclui tecnologia para funcionamento silencioso, administração remota por meio do aplicativo e interação das assistentes virtuais por preços a partir de R$ 2.999 no site oficial da fabricante.

Já o modelo Artcool, também da LG, conta com recurso para exterminar bactérias, serviço de aquecimento, além da capacidade de não apenas refrigerar, mas também de aquecer os ambientes, por valores a partir de R$ 3.199 no site da gigante sul-coreana.

Samsung WindFree Plus vs Midea AirStill

Especificações Samsung WindFree Plus Midea AirStill
Preço R$ 2.499 (9 mil BTUs), R$ 2.699 (12 mil BTUs), R$ 3.299 (18 mil BTUs) R$ 2.479 (9 mil BTUs)
Capacidade de resfriamento (COP) 3,24 W/W (9, 18, e 22 mil BTU), e 3,26 W/W (12 mil BTU) 3,24 W/W
Consumo de energia 815 W (9 mil BTU), 1.080 W (12 mil BTU), 1.630 W (18 mil BTU), e 1.990 W (22 mil BTU) 17,1 W
Fluido refrigerante R-410a R-410a
Aplicativos Smart Things Não disponível
Acompanha controle remoto Sim Sim
Dimensões e peso (unidade interna) 82 x 29 x 21 cm; 10,3 kg 71,5 x 28,5 x 20,5 cm; 7,3 kg
Dimensões e peso (unidade externa) 66 x 47 x 24 cm; 23,3 kg 38,6 x 55,8 x 46,1 cm; 15,9 kg
Cores Branco Branco
6 produtos para CASA INTELIGENTE para modernizar sua casa!

6 produtos para CASA INTELIGENTE para modernizar sua casa!

Mais do TechTudo