Publicidade

Por Rafael Monteiro, para o TechTudo


A Sony está sendo processada em uma ação coletiva movida por uma moradora de Illinois, nos Estados Unidos. A acusação é de que a empresa teria escondido um defeito crônico do PlayStation 5 (PS5) que prejudica seu funcionamento. Segundo a queixosa, Christina Trejo, o console apresenta um problema que o faz travar e desligar constantemente rodar games da atual geração, ou seja, impedindo sua principal função.

Não se sabe quão proeminente seria o defeito entre consumidores, mas o processo afirma ser bastante comum, utilizando reviews de usuários em plataformas como Amazon e Reddit como base. Caso a Sony seja considerada culpada, pode ter que pagar pelos danos e até mesmo multas aos consumidores. O TechTudo entrou em contato com a PlayStation para saber o posicionamento oficial da marca nessa situação, mas ainda não teve resposta.

Consumidora afirma que Sony está ciente e esconde problema recorrente no PlayStation 5 (PS5) — Foto: Reprodução/PlayStation Blog

👉 Vale a pena comprar o PS5 agora ou melhor esperar? Opine no Fórum do TechTudo

O processo afirma que o problema de travamento e desligamento do PlayStation 5 (PS5) é consistente e comum, considerando avaliações de consumidores da Amazon e relatos da rede social Reddit como evidência. Algumas das postagens comentam sobre o console desligar sem aviso durante uma partida e, ao religar, exibir sua tradicional mensagem de que o videogame não foi desligado corretamente e que isso pode corromper os dados e causar danos ao aparelho.

O problema parece acontecer com mais frequência em jogos de PlayStation 5 (PS5), ao ponto de alguns usuários preferirem jogar versões de PlayStation 4 (PS4) dos games pela retrocompatibilidade para evitá-lo.

Ação coletiva acusa Sony de conhecer problema crônico no PS5, mas esconder a informação dos usuários — Foto: Reprodução/Luiza M. Martins

Segundo Christina, a Sony estaria ciente do problema e, ainda assim, vende o PlayStation 5 (PS5) sem avisar aos consumidores que eles podem ser afetados. Ainda de acordo com a consumidora, muitos talvez não comprassem o videogame se soubessem da situação.

Na ação, o pedido é que a empresa pague danos aos afetados e cubra o pagamento dos advogados. Também é requisitada uma medida cautelar para que a Sony fique proibida de manter quaisquer práticas consideradas injustas ou enganosas no processo daqui para frente.

Vale ressaltar que a própria página de suporte da Sony lista alguns problemas relacionados ao desligamento repentino do console e afirma que videogames que travam e desligam sozinhos com frequência podem ser consertados sob garantia

Com informações de Tech Radar, Sony, Class Action Lawsuits

Mais do TechTudo