Plataformas Online
Publicidade

Por Bruna Telles, para o TechTudo


A Twitch TV é uma gigante do streaming com 140 milhões de usuários e cerca de 1,86 bilhões de horas assistidas por mês. Com tantas pessoas acompanhando aproximadamente 7,4 milhões de streamers mundo afora, a plataforma da Amazon conta com as Diretrizes da Comunidade para organizar o ambiente. Esse conjunto de regras valem não só para streamers, como também para usuários comuns, que precisam segui-las a fim de continuarem usando a plataforma. A seguir, veja práticas proibidas que podem levar ao banimento na Twitch mesmo que você não tenha um canal.

As Diretrizes de Comunidade da Twitch visam manter uma plataforma saudável para streamers e também para os usuários — Foto: Reprodução/Unsplash

👉 Problema com live na Twitch? Veja como resolver no Fórum do TechTudo

Como você é banido e o que acontece?

Se um usuário da Twitch tiver um username proibido, haverão dois tipos de punição. Nos casos em que a plataforma julgar que o usuário está agindo de boa fé, será exigida apenas a redefinição do nome de usuário. Em outros casos a punição será a suspensão definitiva. Segundo a Twitch, usuários que são banidos por username proibido geralmente criam múltiplas contas, e estão envolvidos em condutas inadequadas como assédio, ataque e invasão.

No caso das outras infrações, o usuário pode ser suspenso por até 30 dias ou perder a conta, uma punição aplicada em proporção da natureza da violação. Uma conta suspensa não pode assistir e tampouco fazer streams, conversar no chat de outros canais ou mesmo criar uma nova conta. Usuários suspensos não podem aparecer em canais de outros streamers, o que pode levar à suspensão do usuário em questão.

Perder acesso ao chat de um canal da Twitch é uma das punições que o usuário pode ter — Foto: Divulgação/Twitch

Também é possível levar ban temporário ou definitivo em um canal da Twitch. Em qualquer um dos casos, o usuário da Twitch não poderá ver ou interagir no chat do canal, que será removido da lista de canais seguidos. O usuário ficará ainda impossibilitado de mandar sussurros, seguir o canal novamente, hospedar a transmissão do mesmo, ou comprar subs de presente naquele canal. Em caso de ban injusto, o usuário pode seguir este processo para tentar recuperar a conta.

Motivos para banimento

  • Nomes de usuário inadequados

Em fevereiro de 2022 a Twitch anunciou políticas mais rígidas para nomes de usuário. No geral, a plataforma proíbe qualquer nome que viole a lei, incluindo casos de terrorismo e exploração infantil. Nomes de usuário que incitem a violência, ameaças, assédio (incluindo sexual), ou que façam compartilhamento não autorizado de informações privadas, também estão proibidos. Outros tipos de nomes de usuário impróprios incluem casos de conduta de ódio e falsidade ideológica.

As restrições não param por aí. Um usuário da Twitch também não pode ter um nome que glorifique tragédias naturais ou violentas, e tampouco comportamento autodestrutivo, como suicídio, automutilação, uso de drogas pesadas, entre outros. Por fim, um nome de usuário da Twitch também não deve fazer referência a drogas ou o abuso delas, atos sexuais, órgãos genitais ou fluídos sexuais

A Twitch pode banir uma conta, ou exigir a troca do nome de usuário caso este não esteja de acordo com a política da plataforma — Foto: Divulgação/Twitch

  • Linguagem imprópria

Um dos maiores problemas da Twitch é o comportamento tóxico dos usuários nos chats das transmissões. A plataforma considera linguagem imprópria toda mensagem que promova ou incentive qualquer forma de discriminação e difamação. Também estão proibidos ataques contra raça, etnia, cor, grupo social, nacionalidade, religião, sexo, gênero, identidade de gênero, orientação sexual, deficiência, condição médica grave e status de veterano (militar). A Twitch tem ainda proteções referentes à idade, embora as Diretrizes da Comunidade não detalhem quais proteções a Twitch oferece.

Nos casos de assédio, a Twitch cita exemplos de infrações como perseguição, ataques pessoais, promover a violência física, mutirão de denúncias falsas e ataques hostis. Este último caso pode ser ilustrado pelas "hate raids", ataques de ódio, em português. O assédio sexual tem como exemplos investidas e solicitações sexuais indesejáveis, objetificação ou ataques degradantes relacionados às supostas práticas sexuais de uma pessoa.

Os canais da Twitch possuem regras para que os usuários cumpram a fim de evitar o ban no chat por linguagem imprópria — Foto: Divulgação/Twitch

  • Spam e atividades ilegais

O usuário da Twitch pode ter problemas com a prática de spam. Ela inclui mandar a mesma mensagem repetidas vezes, digitar apenas em caixa alta, fazer uso excessivo de emotes e enviar muitos links. Promover propagandas não-autorizadas, phishing, espalhar malwares ou vírus e publicar informações falsas são outros exemplos de atividades ilegais proibidas para os usuários da plataforma.

Também não é permitido vender ou compartilhar contas da Twitch, assim como publicar desinformações nocivas. Essas mudanças nas Diretrizes da Comunidade foram anunciadas recentemente, em março de 2022, e vieram para proteger os usuários em tempos de pandemia. Dessa forma, um usuário colocará sua conta em risco caso espalhe teorias da conspiração sobre saúde ou métodos de tratamento perigosos, e também caso promova atos de violência. O mesmo vale para desinformações que afetem a segurança pública em casos de emergências públicas, como incêndios florestais e tiroteios.

Com informações de Backlinko, Dexerto, DoNotPay, How to Geek, Streamers Playbook, The Verge, Twitch (1, 2 e 3)

Mais do TechTudo