Celular
Publicidade

Por Willian Rodrigues, para o TechTudo

Divulgação/Samsung

O Galaxy M51 é um celular Samsung com impressionante bateria de 7.000 mAh. A ficha técnica se destaca pela possibilidade de ficar dois dias longe da tomada, o que continua chamando a atenção, mesmo quase dois anos após seu lançamento. O smartphone foi lançado em 2020 por R$ 3.499 e atualmente é visto por R$ 1.629 na internet (R$ 1.870 de desconto). Nas linhas a seguir, conheça seus principais atributos. São dados essenciais para dizer se ainda vale a pena pegar um Galaxy M51.

Cabe lembrar que, de lá para cá, vieram sucessores do aparelho. O Galaxy M52 custa por volta de R$ 1.799 na Amazon. O modelo mais atual da linha é o Galaxy M53, disponível no site da fabricante sul-coreana por R$ 2.299.

O Galaxy M51 foi lançado em 2020 — Foto: Divulgação/Samsung

Design do Galaxy M51

Samsung Galaxy M51 — Foto: Reprodução/Samsung

De modo geral, o design do Galaxy M51 é bastante similar ao encontrado nos demais aparelhos da Samsung. Trata-se de um smartphone em formato de barra, com corpo e laterais feitos de plástico. Essa escolha não é ruim, uma vez que o material pode auxiliar na absorção de impactos. A tampa traseira tem acabamento brilhoso, nas cores branco e preto. O sensor biométrico está integrado ao botão de energia, de fácil acesso aos dedos.

O ponto negativo fica por conta da certificação IP, que está ausente no M51. Portanto, vale o aviso: deixe o aparelho longe de poeira e de respingos de água.

Tela do celular Samsung

A tela do Galaxy M51 também merece destaque. Trata-se de uma tela de Super AMOLED Plus, de 6,7 polegadas. O Super AMOLED apresenta cores mais vivas e vibrantes, além de gastar menos energia do aparelho. O preto "verdadeiro", por exemplo, é bem visualizado em telas desse tipo. A qualidade da tela deve também se beneficiar da resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels) para exibir imagens nítidas e vivas.

O aparelho também conta com proteção Gorilla Glass 3+, contra riscos e pancadas na tela. Mas não há, porém, incremento na taxa de atualização da tela. Não há notch também, já que a câmera frontal fica abrigada em um furo centralizado na parte superior da tela.

Câmera do Galaxy M51

O Galaxy M51 oferece conjunto de câmeras quádruplo — Foto: Reprodução/Samsung

O conjunto de câmeras do Galaxy M51 está alocado num módulo na parte traseira do celular. A Samsung incluiu dois potentes sensores, um de 64 MP na câmera principal, e um de 32 MP na câmera frontal, além das lentes ultra wide e macro – para fotos em grande ângulo ou com proximidade - e do sensor de profundidade para imagens com o modo retrato.

Tanto o módulo principal quanto o sensor de selfies possui HDR e podem gravar vídeos em resolução 4K, mas não há menção a estabilizadores de imagem. Há também possibilidade de se utilizar um zoom digital de até oito vezes e câmera lenta de até 240 FPS na resolução HD.

Confira o conjunto de câmeras do Galaxy M51:

Armazenamento

Apesar da caixa do celular informar que o armazenamento é de 128 GB, na prática, a Samsung entrega 106 GB, sendo o restante utilizado para o sistema do aparelho. E caso o usuário ache o valor modesto, é possível utilizar também um cartão microSD de até 512 GB para auxiliar. O cartão ocupa lugar próprio, sem interferir nos dois espaços para os SIM cards.

Processador e memória RAM

O processador do Galaxy M51 é um Snapdragon 730 — Foto: Divulgação/Samsung

O processador embarcado no Galaxy M51 é o Snapdragon 730, da Qualcomm. O chip tem oito núcleos de processamento que podem chegar até os 2,2 GHz de velocidade. O desempenho deve ser bom no uso cotidiano, até mesmo em jogos.

O celular deve funcionar sem travamentos ou engasgos, uma vez que ele também conta com 6 GB de memória RAM. Essa combinação de processador e memória RAM deve garantir um bom desempenho em jogos como Free Fire e PUBG.

Bateria do Galaxy M51

Bateria do Galaxy M51 promete dois dias completos de autonomia — Foto: Divulgação/Samsung

O maior destaque do Samsung Galaxy M51 é a sua bateria. São 7.000 mAh de capacidade, número encontrado apenas no Galaxy M62, entre os aparelhos mais recentes da Samsung. No uso diário, o celular deve chegar aos dois dias de uso sem precisar recorrer a um carregador, a depender da intensidade do uso. E a Samsung garantiu que o carregamento seria veloz ao incluir um carregador com 25 W de potência na caixa do smartphone.

O M51 também pode ser utilizado para carregar outros dispositivos e acessórios, uma vez que ele conta com a possibilidade de carregamento reverso.

Versão do sistema Android

A previsão é de que o Galaxy M51 receba o Android 12 ainda em 2022 — Foto: Marcela Franco/ TechTudo

O Galaxy M51 foi lançado originalmente com o Android 10. O celular já tem atualização liberada para o Android 11 e tem previsão de receber nova atualização para o Android 12 ainda em 2022, conforme lista divulgada pela Samsung. Junto com o novo Android, o aparelho deverá receber também a Interface One UI 4, mais fluida.

A dupla com Android 12 e One UI 4 promete levar melhorias na segurança e privacidade ao dar a opção do usuário utilizar permissões temporárias para aplicativos, gravação de tela e capturas de tela roláveis. O Galaxy M51 poderá receber atualizações de segurança até 2023, segundo a política de atualizações da Samsung.

Recursos extras

O Samsung Galaxy M541 é compatível com o Samsung Pay — Foto: Reprodução/Samsung

Entre os recursos adicionais do Galaxy M51 estão o leitor de impressões digitais integrado ao botão de energia e a possibilidade de utilizar o Samsung Pay, modo de pagamentos da Samsung que utiliza o NFC para realizar pagamentos por aproximação. Além do já mencionado NFC, o celular pode utilizar redes Wi-Fi de 2,4 e 5 GHz e seu Bluetooth é a versão 5.0.

Dois outros pontos de destaque do aparelho são a entrada de 3,5 mm para fones de ouvido e o rádio FM, dois recursos que têm sumido de smartphones mais recentes.

Preço e onde comprar o Galaxy M51

Ainda que seja uma interessante opção para quem busca uma bateria potente sem abrir mão de outros aspectos, o celular já não é mais vendido oficialmente pela Samsung. Ele foi sucedido, em território nacional, pelo Galaxy M52, e mais recentemente, pelo M53. O TechTudo já fez um comparativo entre esses aparelhos. Apesar disso, o Galaxy M51 está disponível no varejo online por cerca de R$ 1.629.

Ficha técnica do Samsung Galaxy M51

  • Tamanho da tela: 6,7 polegadas
  • Resolução da tela: Full HD+ (2340 x 1080 pixels)
  • Câmera principal: quádrupla, 64, 12, 5 e 5 MP
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Sistema: Android 10
  • Processador: Snapdragon 730 (octa-core de até 2,2 GHz)
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento: 128 GB
  • Cartão microSD: sim, microSD de até 512 GB
  • Capacidade da bateria: 7.000 mAh
  • Dual SIM: sim
  • Dimensões e peso: 163,9 x 76,3 x 9,5 mm; 213 g
  • Cores: branco e preto
  • Início das vendas no Brasil: novembro de 2020
  • Preço no Brasil: R$ 1.629

Com informações de Samsung (1/2) e Versus

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de agosto de 2022.

Mais do TechTudo