Jogos de ação
Publicidade

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


Os desenvolvedores de League of Legends consideram encerrar os lançamentos de novos campeões para o MOBA no futuro. É o que afirmou o líder de balanceamento da Riot Games, Matt “Phroxzon” Leung-Harrison, para o podcast Broken by Concept, na segunda-feira (1). Durante a entrevista, Phroxzon explicou que a decisão será tomada no momento em que a empresa não for mais capaz de lançar campeões que sejam intuitivos para os jogadores. Há também a preocupação em tornar a curva de aprendizado do MOBA ainda maior com chegada de personagens de difícil compreensão.

Atualmente, o League of Legends possui 161 campeões e tem como último lançamento a campeã Nilah, disponível desde o dia 14 de julho de 2022. O jogo também é conhecido pela regularidade em aumentar seu leque de personagens, tendo já adicionado quatro somente neste ano. Embora os desenvolvedores já estejam discutindo a respeito do fim de novos lançamentos, vale ressaltar que isso ainda está distante de acontecer.

Nilah foi a última campeã lançada no League of Legends — Foto: Divulgação/Riot Games

Phroxzon reforçou seu argumento sobre os campeões intuitivos utilizando dois exemplos. Para começar, ele escolheu Thresh como um campeão intuitivo e citou sua habilidade mais característica, a Sentença (Q). Em resumo, a habilidade faz o Thresh lançar um gancho que captura o alvo e o puxa para perto, algo bastante intuitivo. Phroxzon mencionou também que se o gancho fosse lançado e simplesmente atravessasse todos os adversários na sua frente, a habilidade deixaria de ser intuitiva, pois os jogadores teriam dificuldades de compreender do que se tratava.

O segundo exemplo foi a Gwen, uma campeã bem mais recente do que o Thresh, lançada em abril de 2021. Segundo Phroxzon, a Costureira Encantada é um problema para novos jogadores, que tem dificuldades em visualizar e entender a habilidade Névoa Sagrada (W). Em resumo, trata-se de uma campeã que acaba não sendo tão intuitiva como é o Thresh, segundo o próprio desenvolvedor.

Gwen foi citada pelo Rioter como uma campeã com uma habilidade pouco intuitiva — Foto: Divulgação/Riot Games

Apesar de tudo, a Riot Games segue firme no lançamento de mais campeões para o League of Legends. O desenvolvedor Ryan Mireles já afirmou que os players podem ficar menos envolvidos com o jogo depois de aprenderem como todos os campeões funcionam. Com novos lançamentos, há mais uma razão para todos aprenderem mais, fazendo a própria Riot Games ficar ainda mais ansiosa em adicionar mais campeões com regularidade, um ciclo que deve seguir dessa forma por bastante tempo.

Com informações de Dot Esports

Mais do TechTudo