Celular
Publicidade

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo

Divulgação/ZTE

O processador Snapdragon 8 Plus Gen 1 dominou o ranking de celulares Android mais potentes do mundo. No resultado de julho, que foi divulgado nesta semana, o chip da Qualcomm abocanha nove das dez posições. Somente o processador Dimensity 9000 Plus, da MediaTek, também aparece na listagem – e na lanterna. Nubia Red Magic 7S, iQOO 10 Pro e ROG Phone 6 (Asus) conquistaram o alto do pódio.

A listagem feita pelo aplicativo de benchmark AnTuTu também contemplou modelos da Xiaomi, como o Xiaomi 12S, 12S Ultra e 12S Pro. Já a Realme, outra marca que aos poucos se torna conhecida dos brasileiros, aparece entre os smartphones de destaque graças ao GT 2 Master Explorer em oitavo lugar. Líderes no Brasil, as marcas Samsung e Motorola não aparecem no levantamento.

ROG Phone 6 e ROG Phone 6 Pro — Foto: Divulgação/Asus

Confira abaixo a tabela com os 10 celulares Android mais potentes do planeta

10 celulares Android mais potentes do planeta

Posição Celular Fabricante Processador Pontuação
Nubia Red Magic 7S Nubia Snapdragon 8 Plus Gen 1 1.124.622
iQOO 10 Pro Vivo Snapdragon 8 Plus Gen 1 1.111.885
Asus ROG Phone 6 Asus Snapdragon 8 Plus Gen 1 1.107.982
Nubia Red Magic 7S Pro Nubia Snapdragon 8 Plus Gen 1 1.099.567
iQOO 10 Vivo Snapdragon 8 Plus Gen 1 1.083.183
Xiaomi 12S Pro Xiaomi Snapdragon 8 Plus Gen 1 1.073.695
Xiaomi 12S Ultra Xiaomi Snapdragon 8 Plus Gen 1 1.056.949
Xiaomi 12S Xiaomi Snapdragon 8 Plus Gen 1 1.053.609
Realme GT 2 Master Explorer Realme Snapdragon 8 Plus Gen 1 1.048.073
10º Xiaomi 12S Pro Xiaomi Dimensity 9000 Plus 1.022.207

Nubia Red Magic 7S na liderança

O primeiro lugar foi ocupado pelo Nubia Red Magic 7S, aparelho que também levou a medalha de ouro no último ranking da AnTuTu, em junho. O telefone da ZET foi lançado em março deste ano com 512 GB de armazenamento, além de 16 GB de memória RAM. Assim como os nove primeiros da lista, ele carrega o chip mais recente da Qualcomm, o Snapdragon 8 Plus Gen 1.

Nubia marca presença na lista com os modelos Redmagic 7S e 7S Pro — Foto: Divulgação/Nubia

Além de um espaço significativo para dados, a fabricante também investe em um sistema de resfriamento do celular, de modo a garantir que ele não atinja temperaturas elevadas durante uso intenso.

Com 6,8 polegadas, a tela AMOLED traz uma taxa de atualização de 165 Hz – o que deve beneficiar o público gamer e aqueles que se interessam em qualidade na transição de imagens. A ficha técnica também inclui uma bateria de 4.500 mAh, suporte ao carregamento rápido de 120 W e câmera tripla com lentes de até 64 MP.

Comercializado por 590 euros no exterior (cerca de R$ 3.170 no câmbio de hoje), o telefone não está disponível no mercado brasileiro e não há previsão de chegada por enquanto.

Em segundo, iQOO 10 Pro

O telefone da fabricante chinesa Vivo – que possui o mesmo nome da empresa de telefonia – aparece em segundo lugar com seus 12 GB de memória RAM e 512 GB de armazenamento. A bateria, dessa vez, conta com 4.700 mAh e pode ser reposta com o carregamento rápido de 200 W prometido pela fabricante. Recém-lançado, o smartphone foi apresentado em julho ao mercado.

A tela de 6,7 polegadas exibe conteúdos em um painel AMOLED com taxa de 120 Hz. O modelo suporta rede 5G e traz câmeras com lentes de até 50 MP. Até o momento, a Vivo não disponibilizou o telefone no mercado brasileiro.

Asus assume terceiro lugar com o ROG Phone 6

A medalha de bronze vai para o ROG Phone 6, da Asus, que também é um lançamento recente. O celular gamer desembarcou no mercado externo em julho deste ano, mas ainda não é ofertado oficialmente no Brasil.

O teste realizado pela AnTuTu usou um modelo com 16 GB de memória RAM e 512 GB de espaço para dados. Vale destacar que também há uma opção do modelo com 18 GB de RAM, que deve oferecer desempenho ainda melhor.

O ROG Phone 6 não possui a tela traseira, mas sim, um conjunto de luzes LED coloridas — Foto: Divulgação/Asus

Em termos de estrutura, o ROG Phone 6 dispõe de luzes RGB na traseira, além de revestimento com Gorilla Glass. A tela, por sua vez, reserva 6,7 polegadas e taxa de atualização de 165 Hz. Diferentemente dos modelos anteriores, a bateria deste telefone traz generosos 6.000 mAh.

Xiaomi conquista quatro posições

A versão Pro do Nubia Red Magic 7S ganha o quarto lugar na lista dos celulares potentes, garantindo mais uma posição para a fabricante. Em seguida, aparecem o iQOO 10 e a Xiaomi, que conquistou quatro posições do ranking com o Xiaomi 12S Pro, em sexto, o Xiaomi 12S Ultra, em sétimo, e o Xiaomi 12S, em oitavo lugar.

O Realme GT 2 Master Explorer ocupa a nona posição e a gigante chinesa fecha a classificação Xiaomi 12S Pro, único aparelho com um processador diferente, fabricado pela MediaTek.

Com informações de GizChina

Qual o melhor Xiaomi? Conheça os 3 celulares mais potentes em 2022

Qual o melhor Xiaomi? Conheça os 3 celulares mais potentes em 2022

Mais do TechTudo