Redes sociais
Publicidade

Por Flávia Fernandes, para o TechTudo


O Spotify poderá ganhar um grande concorrente inesperado em breve: o TikTok. Segundo informações divulgadas pelo portal Business Insider na semana passada, o aplicativo de vídeos curtos abriu um pedido de registro pela marca TikTok Music, o que pode indicar que um novo serviço de streaming de música está por vir. A solicitação foi feita em novembro do ano passado pela ByteDance, desenvolvedora da rede social para celulares Android e iPhone (iOS), e apresentou descrição com recursos similares aos do Spotify e outros streamings.

Vale mencionar que, apesar de o Spotify ser o maior streaming no mercado atualmente, o TikTok foi a rede social mais baixada em 2021 e é uma das principais responsáveis pela viralização de canções. Nesse sentido, veja, a seguir, o que é o TikTok Music e o que seu possível lançamento pode significar para os demais serviços.

App de vídeos curtos deve lançar serviço de streaming de música e competir com Spotify, Apple Music, Deezer e outros; entenda — Foto: Divulgação/Pixabay

O que é TikTok Music e por que virou assunto?

O TikTok Music é um novo app de streaming de músicas que pode estar em fase de desenvolvimento pela Bytedance, empresa dona do TikTok. Embora nada tenha sido confirmado oficialmente, segundo informações do site Business Insider, a empresa chinesa abriu um registro de pedido da marca em novembro do ano passado. Nele, o serviço é apresentado como um "aplicativo para smartphone e computador que permite aos usuários comprar, reproduzir, compartilhar e baixar músicas."

Ainda, outras funções podem estar presentes na plataforma, como fazer comentários em músicas, álbuns e letras, e criar, recomendar e compartilhar listas de reproduções. Além disso, o projeto também informa que o aplicativo poderá ter serviços de publicidade, sugerindo suporte para anúncios - o que pode garantir algum nível de gratuidade.

Por que um app de música do TikTok poderia ser um problema para Spotify e outros streamings?

Atualmente, o TikTok é um dos principais responsáveis pela viralização de músicas. Diversas playlists no Spotify, por exemplo, são criadas a partir de virais da rede social de vídeos curtos. Por meio de memes, danças e sons que viram "trends" rapidamente, o aplicativo consegue colocar tanto novas músicas em alta quanto resgatar canções antigas e devolvê-las ao topo. Nesse sentido, ele tem grande influência musical sobre seu público.

Vale ressaltar também que, de acordo com um relatório do TikTok, divulgado pelo portal Metro, cerca de 430 músicas ultrapassaram um bilhão de visualizações quando usadas como sons do TikTok, e isso apenas em 2021. Ainda, o material relata que mais de 175 músicas que se tornaram tendências no app entraram na Billboard Hot 100, principal ranking das músicas mais tocadas no mundo.

Recurso "Modo Claro" está em fase de testes e sem previsão de lançamento para todas as contas do TikTok — Foto: Divulgação/Unsplash

Além disso, o TikTok foi a rede social mais baixada no ano passado, com um bilhão de usuários ativos, segundo relatório divulgado pelo Data.AI (antigo AppAnnie). Por isso, caso o TikTok apresente um app exclusivo de músicas, o Spotify e demais serviços podem enfrentar uma grande concorrência.

Com o TikTok Music, a integração dos dois apps simplificaria muitos processos, como o de descobrir uma música no app, e, então, procurá-la no Spotify. Além disso, o app poderá se mostrar ainda mais vantajoso por oferecer ferramentas exclusivas, como a possibilidade de unir recursos e permitir a edição e remix de áudios e vídeos.

É certo que será lançado? Há alguma previsão?

Ainda segundo o Business Insider, a solicitação foi gerada pela primeira vez em novembro de 2021, na Austrália. Porém, em maio deste ano, foi divulgada uma atualização do andamento do processo, que afirma que o projeto está sendo acompanhado por advogados do Escritório de Marcas e Patentes dos EUA e aguarda aprovação.

Porém, fato é que ainda não há nenhuma divulgação oficial por parte da ByteDance em relação ao app, mas sim apenas rumores gerados a partir do pedido da marca. Ao Business Insider, o TikTok não se pronunciou sobre o caso. O TechTudo entrou em contato com a assessoria da rede para entender se há realmente alguma previsão de lançamento do aplicativo, mas, até fechamento da reportagem, não havia recebido retorno.

Com informações de 9to5mac, Metro, TechRadar e TechCrunch

Veja também: Como viralizar no TikTok? 4 dicas para ficar famoso no app

Como viralizar no TikTok? 4 dicas para ficar famoso no app

Como viralizar no TikTok? 4 dicas para ficar famoso no app

Mais do TechTudo