Jogos de ação

25/01/2011 16h23 - Atualizado em 09/07/2013 11h50

Especial Dead Space 2: No espaço ninguém ouve o seu grito

Cesar Crivelaro
por
Para o TechTudo

O gênero de terror é peculiar no mundo do entretenimento eletrônico. Quando bem trabalhado, ele desperta no ser humano sentimentos de pânico, desespero e agitação, sem falar nos gêneros que vão em lugares mais profundos, buscando sensações instintivas que até poucos conhecem sobre si mesmos. Os filmes sabem trabalhar muito bem esses conceitos, mas é no mundo dos jogos que eles se destacam. Com a interatividade, os games trazem o jogador para o papel do personagem, fazendo-o viver intensamente os sentimentos que lhe são proporcionados. Entre muitos jogos que já saíram com essa temática, um jogo da atual geração tem destaque, ainda mais com a continuação a sair: Dead Space.

Confira também o jogo que comemorou os 66 anos do incidente com OVNI em Roswell no Doodle do Google! 

O que acontece no espaço?

Dead Space se passa no futuro, no ano de 2508 d.C. No jogo, você controla um engenheiro chamado Isaac Clarke que atende a um chamado de S.O.S. de uma nave interestelar de exploração mineral chamada USG Ishimura. Ao pousar e verificar o ocorrido, descobre-se que quase toda a tripulação está morta ou sofreu mutação; é que a nave foi invadida e está infestada por uma raça alienígena hostil chamada Necromorphs, que são monstros feitos de corpos humanos transformados por um vírus.

Com o trem de pouso de sua nave quebrado e se separando de seus aliados, o engenheiro Isaac comunica-se com seus companheiros via frequência holográfica. Ao verificar as condições da USG Ishimura, que não são nada favoráveis (problemas nas turbinas, falta de energia, contaminação no ar, escudo de asteróides desativado, problemas em transmissão de sinal, alienígenas gigantes dominando partes da nave, entre muitos outros), Isaac, com a ajuda remota dos companheiros, precisa encontrar um meio de sair da nave. Confira abaixo um trailer do jogo:


Tecnologia a favor do protagonista

O jogo não tem uma interface de menus ou imagens na tela mostrando a condição de Issac e a munição restante de cada arma. Em vez disso, todas as informações são mostradas por meio de uma projeção holográfica que sai tanto do uniforme espacial quanto das armas. Quando você saca a arma, há um contador de munição que se projeta em cima dela; também, o medidor de energia de Isaac é mostrado atrás do uniforme, no lugar da espinha dorsal. Por projeções holográficas flutuantes partindo da parte frontal do uniforme, Isaac pode verificar os objetivos das missões, analisar um mapa em 3D do local ou mesmo verificar a quantidade de itens. Porém, como o jogo continua acontecendo em tempo real, o perigo de ser atacado enquanto se verificar estes ‘menus’ é inevitável e, acredite, constante.

dead space (Foto: Divulgação)Dead Space (Foto: Divulgação)

O combate envolve um mecanismo em que o jogador deve cortar metodicamente membros específicos dos Necromorphs para derrotá-los; simplesmente atirar na cabeça não os derrota, e alguns são imortais, cabendo a Isaac simplesmente correr. Dependendo de como os alienígenas são machucados, eles adotam novos comportamentos e táticas de combate, desde brotar novos membros até sofrer autoclonagem, dificultando mais ainda o processo de derrotá-los. Além das armas, Isaac utiliza ferramentas para a sua sobrevivência, assim facilitando os quebra-cabeças e tornando os combates mais eficientes. A habilidade de Statis é útil para diminuir temporariamente a velocidade dos inimigos e dos objetos, e a Kinesis permite a Isaac pegar e atirar objetos.

Dead Space também tem um sistema de ambiente a vácuo e de gravidade zero, e Isaac pode andar neles por um sistema em seu uniforme pressurizado e botas magnéticas. Eventuamente o engenheiro será sufocado no vácuo ou em ambientes tóxicos; então, com o uniforme que contém pouca quantidade de ar armazenado, o game faz o jogador ter que agir rápido e no desespero quando essas situações acontecem. Algumas partes da história do jogo você até visita a parte externa da nave USG Ishimura, em que a atenção é redobrada para, além de sobreviver no vácuo, a necessidade de derrotar os Necromorphs e desviar de possíveis asteróides.

DEAD SPACE (Foto: Divulgação)Dead Space (Foto: Divulgação)

Dead Space: Extraction (Wii)

Dead Space foi tão bem avaliado e aceito pela mídia especializada que vários outros títulos baseados na história central do game principal, foram desenvolvidos para diferentes plataformas, como o caso de Dead Space: Extraction. O jogo foi concebido para Nintendo Wii, mas ele aparecerá também com o Dead Space 2 para Playstation 3 por meio do uso do Playstation Move, o controle de sensibilidade do console da Sony.

O jogo é em formato de tiro em primeira pessoa (como os clássicos DOOM e QUAKE). A história se passa antes do primeiro jogo da série, em que o Marker é retirado do planeta, um artefato que causa a invasão dos alienígenas na USG Ishimura. Neste jogo há a apresentação das armas que ficaram conhecidas na série, além de novos personagens e a participação de antigos coadjuvantes.

Os Necromorphs também são mostrados no seu estágio inicial, então é possível perceber um ser humano ainda em processo de mutação pelo vírus alienígena. Por meio do Motion Controller do Wii e pelo Move do Playstation 3, a mira em primeira pessoa é, literamente, feita por suas próprias mãos, trazendo a imensão no cenário que o primeiro jogo trouxe. O game foi muito bem elogiado pela mídia, classificando-o como “mais que um jogo de tiro em primeira pessoa; mas um verdadeiro e completo jogo que se mantém fiel à franquia”.

dead space (Foto: Divulgação)Dead Space Extraction para Nintendo Wii (Foto: Divulgação)

Dead Space: Ignition (PSN / Xbox Live)

Outro jogo que saiu para a franquia é Dead Space: Ignition, tanto na Playstation Network quanto na Xbox Live Arcade. A história do jogo se situa entre o primeiro e o segundo jogo da série, explicando o que se passou entre os dois games. Sendo um prelúdio ao Dead Space 2, Ignition conta sobre a invasão dos Necromorphs à nave Sprawl. Você controla Franco Dilile, um engenheiro que, na companhia de sua parceira, Sarah, é convocado para consertar um elevador e descobre a sabotagem da invasão.

Diferente dos outros jogos da série, o Ignition não é um jogo de tiro, mas sim uma revista em quadrinhos interativa. A EA, produtora do jogo, explicou que Dead Space Ignition combina a interatividade de uma história no estilo comics com minigames como traçar rotas, hackear computadores, entre outros, além de um tipo único de narrativa, a “Escolha sua própria aventura”, como a própria empresa nomeou, permitindo ao jogador sobreviver ao ataque dos Necromorphs de múltiplas formas. O jogo oferece 4 diferentes finais e, completando cada um, há uma recompensa: uniformes específicos para o protagonista Isaac usar em Dead Space 2.

dead space (Foto: Divulgação)Dead Space: Ignition (Foto: Divulgação)

Dead Space: Downfall (Filme)

A série também foi explorada no mundo cinematográfico, no filme Dead Space: Downfall. A história do filme é um prelúdio ao primeiro jogo da série e seus acontecimentos são concomitantes ao jogo Dead Space: Extraction.

O filme conta a história da extração do Marker, uma rocha do mundo alienígena que os seguidores religiosos, os unitólogos, acreditam ser objeto sagrado de sua crença. A história conta basicamente o que Isaac encontra na USG Ishimura por meio de textos e gravações de áudio: uma repentina onda de violência entre os tripulantes da nave e a invasão alienígena nela, desde o começo das mutações até as variações amorfas dos humanos infectados. Veja abaixo um trailer do filme:

O pesadelo ainda não acabou: Dead Space 2 vem aí

Com o sucesso da franquia, Dead Space 2 será lançado para Playstation 3, XBox 360 e PC em janeiro de 2011, permanecendo no gênero de tiro em terceira pessoa. Sua história se passa em 2511, três anos após o primeiro jogo, na nave Sprawl, uma metrópole densamente povoada construída em Titan, uma das luas de Saturno. A doença mental causada pela presença do Marker, artefato do planeta alienígena, é permanente e continua a ocasionar efeitos colaterais no protagonista Isaac Clarke. O game começa em um hospital em Sprawl em que o engenheiro presencia o caos que a infestação de Necromorphs causa. O jogo tem uma versão multiplayer, em que soldados e alienígenas são escolhidos para completarem objetivos específicos. A análise de Dead Space 2 você encontrará aqui no Techtudo em breve! Veja abaixo um trailer do que pode-se esperar do jogo:


Jogos de terror, assim como os filmes do mesmo gênero, são famosos por mexerem com os instintos humanos, com o reflexo de que “algo está errado” e por provocar um prazer psicológico questionável. Dead Space soube trabalhar muito bem essa questão, aliando-a à sensação de despero e luta pela sobrevivência em um ambiente que não há ninguém para te ajudar, ninguém para ouvir seu grito; apenas o seu instinto de fuga lhe direcionando para a saída mais próxima para fugir de um pesadelo que é real.

Quer ganhar pontos e outras vantagens nos jogos, sem fazer esforço algum? Baixe Cheat Engine!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares