31/01/2011 17h03 - Atualizado em 14/07/2011 07h05

Jogos de Dança: ontem, hoje e um possível amanhã

Marta Preuss
por
Para o TechTudo

Todos nós da geração Y (nascidos entre 1980 e poucos a 1990) e até o final da geração X (após o baby boom, aproximadamente 1960, até 1982) tivemos o privilégio de nos divertirmos em fliperamas – elemento sociologicamente nerd que as crianças da geração Z (1990 para frente) trocaram pela internet.

maquina de dança (Foto: Divulgação)Máquina de Dança (Foto: Divulgação)

Os fliperamas, ofereciam mais que jogos de luta ou de corrida, ofereciam as máquinas de dança. Máquinas que não eram, por incrível que possa parecer, utilizada somente por garotas, os meninos arrebentavam nas setinhas e no free style. Todo mundo jogando do difícil pra cima (os níveis eram: fácil, médio, difícil, muito difícil, pesadelo).


Mas com o passar do tempo e a natural decadência de fliperamas (onde decadência significa preços absurdos por máquinas lentas e sem manutenção adequada) e ascendência de videogames nas residências, além de uma natural tendência das pessoas tímidas gostarem mais de dançar em casa a se exibir pelos shoppings, acabou culminando na troca gradual de Pumps de fliperama por Dance Dance Revolution de Playstation 1 ou 2.

Pump It Up, Samba ou Dance Dance Revolution têm o mesmo funcionamento: veja a seta na tela, aperte a correspondente no seu tapete quando ela chegar ao ponto certo. Claro que o seu cérebro precisa ver a seta, pensar pra que lado ela está, verificar seu ponto de apoio, mover o pé para a seta correspondente e aí você já perdeu de dez a quinze setinhas se for iniciante.

Nada que um pouco de prática não resolva. Claro que nem a prática pode ajudar muito quando sua coordenação motora está um tanto debilitada depois da terceira cerveja naquela festinha do seu amigo que insiste em dançar só um pouquinho enquanto todo mundo quer jogar Guitar Hero ou um game de futebol.

dance dance revolution (Foto: Divulgação)Dance Dance Revolution para Wii (Foto: Divulgação)

Eis que chegou o Wii, sem dúvida um companheiro muito mais divertido para festinhas a um Playstation2 e seus cabos e botões. Óbvio, os jogos de dança não poderiam ficar para trás. Pensando nisso, a Konami lançou uma versão de Dance Dance Revolution com dance pad (o tapete com setinhas) e com os controles do Wii.

Mas a Ubisoft foi mais esperta. Todo mundo aprende a dançar copiando movimentos do instrutor, certo? Pois o video-game será seu instrutor agora.

Com Just Dance você só precisa (pagar o mico de) imitar os movimentos do boneco na tela. Só isso. Sem treinamento, apenas o puro reflexo de fazer igual. Nada de processamento de dados. Só processos físicos.

E cansa. É configuração padrão dos jogos-de-setinhas músicas de aproximadamente um minuto e meio, porque é difícil ficar mais tempo que isso pulando em setas, além do fato de cada ficha de fliperama dar direito a só três músicas. Mas no Wii, bem, você pode estar jogando sozinho, então o padrão é a música inteira. Você ainda pode limitar o tempo das músicas para que todo mundo tenha sua vez quando for jogar com amigos.

Outra evolução do Just Dance é que a dificuldade é um índice diferente da canseira que a música causa. Era um problema nos anteriores, que marcavam apenas a dificuldade, porque muitas vezes os pobres dançarinos sedentários não tinham fôlego para terminar uma música cheia de pulos. A divisão ajuda porque nem sempre mais complexidade é mais canseira ou vice-versa.

just dance  (Foto: Divulgação)Just Dance (Foto: Divulgação)

E saúde, sempre. O Just Dance também possui, assim como o Dance Dance, um modo apenas para suar e perder quilinhos. Porque nada como se divertir com saúde, no conforto do seu lar, não é mesmo?

Todo esse histórico nos faz refletir… O que esperar dos jogos de dança para Kinect? Pois se você cansava apenas as pernas nos jogos de setinhas e apenas os braços em Just Dance, não vai poder enganar o Kinect. Ele estará lá, observando todo o seu corpo e lhe dando pontuação apenas se você executar os movimentos corretos.

 

Teremos mais dançarinos formados em casa? Provável; não que alguém com o treinamento do Wii tenha coragem de dançar em baladas por ai, mas o Kinect com certeza pode trazer uma danceteria para a sala de qualquer pessoa – e é bom que estejamos preparados para mexer todo o esqueleto!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares