Video game

24/01/2011 16h48 - Atualizado em 14/07/2011 07h06

PSP2 terá conexão 3G e OLED touchscreen, diz jornal

Bruno do Amaral
por
Para o TechTudo

Aos poucos vão se revelando novos rumores sobre o PSP2, provável novo portátil da Sony. O aparelho, nova versão do miniconsole da família Playstation, deverá ganhar conexão sem fio via 3G e recursos touchscreen, segundo divulgado por um jornal japonês nesta segunda-feira (24).

Representação de internauta sobre como seria o PSP2 (Foto: Reprodução)Representação do PSP2 (Foto: Web)

De acordo com o jornal japonês Nikkei, o PSP2 terá suporte à conexão 3G - no Japão, por meio da operadora NTT DoCoMo – para permitir jogatinas online em qualquer lugar. Apesar de utilizar a mesma rede para dados, o serviço não permitirá chamadas telefônicas (mas é bom lembrar que a versão atual do portátil possui o Skype pré-instalado para chamadas pela internet, o que poderá se repetir na próxima geração).

A publicação também afirma que o novo portátil deverá receber uma tela OLED sensível ao toque "maior do que o normal" (o modelo atual possui 4.3"), para exibir os novos gráficos em alta resolução, criados por um novo processador desenvolvido pela Sony. No entanto, não há informações sobre preços ou se haverá um modelo equipado apenas com Wi-Fi.

Para deixar clara a diferença entre o PSP2 e o PlayStation Phone, o jornal ainda menciona que este último deverá ser lançado com controles de botões, sistema operacional Android e outros softwares para funções além dos games; confirmando recentes vazamentos e rumores. Ainda segundo o Nikkei, o smartphone será apresentado somente em fevereiro.

De qualquer forma, o PSP2 poderá ser apresentado ainda nesta semana, na quinta-feira (27), em um evento em Tóquio para divulgar estratégias de negócios da Sony. Segundo outros rumores, o portátil terá duas alavancas analógicas e não terá mais suporte ao formato UMD da geração atual, trazendo jogos apenas via download.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares