Gamepad

19/01/2011 16h05 - Atualizado em 14/07/2011 07h06

Servidores de jogo do PS3 são afetados pela descoberta da chave

Rafael Silva
por
Do Tecnoblog

Quando George Hotz divulgou a chave de criptografia do PS3, a Sony percebeu que tinha um enorme problema nas mãos. Diga-se de passagem, não só pela pirataria de jogos que apareceria, mas principalmente porque não seria possível corrigir a falha através de uma atualização do firmware.

E pra complicar ainda mais a estrutura do console da Sony, essa semana, a divulgação da chave passou a afetar também os jogadores. E não de uma maneira boa.

PlayStation 3 (Foto: Divulgação)Será que a rede do PlayStation 3 já está com os dias contados? (Foto: Divulgação)

Como a chave permite que qualquer código seja validado para rodar nativamente no PS3, alguns hackers decidiram criar programas para modificar os jogos. E eles focaram em um título, especificadamente: O Modern Warfare 2.

As novam modificações fazem com que os jogadores que as usam tenham certas vantagens, como armas melhoradas, desnivelando o nível da competição nos servidores. Além disso, alguns jogadores que se conectaram em servidores mais afetados acabaram tendo suas estatísticas apagadas.

Nos fóruns da Infinity Ward, a criadora do jogo, os usuários reclamam e anseiam por uma solução, dizendo que "a situação está fora de controle". Mas a empresa nada pode fazer. Segundo o seu estrategista criativo Robert Bowling, a falha está na plataforma, e não no jogo. "Estamos buscando qualquer opção disponível para ajudar todos os usuários afetados", disse Bowling.

A empresa acredita que a Sony conseguirá tapar esse buraco de segurança com futuras atualizações, mas os hackers que descobriram o código já avisaram desde o primeiro dia que isso não seria possível. Mas isso não impede a fabricante do PS3 de tentar, obviamente.

Via Kotaku.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares