Video game

09/02/2011 20h48 - Atualizado em 14/07/2011 07h03

Activision Blizzard cancela a franquia Guitar Hero

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

A  Activision Blizzard confirmou nesta quarta-feira o cancelamento das franquias Guitar Hero e True Crime, como parte de uma reestrutura em seus negócios.

Segundo o último relatório financeiro divulgado pela publisher, poucos detalhes mostraram as ramificações que esta mudança poderia ter, e que o desenvolvimento dos próximos jogos destas duas franquias está interrompido.

guitar (Foto: Divulgação)Guitar Hero (Foto: Divulgação)

Em comunicado oficial, a Activision Blizzard responsabiliza os cancelamentos devido à queda continuada do gênero musical, e por este motivo a empresa vai fechar o estúdio responsável pela série Guitar Hero e cancelar o desenvolvimento do novo jogo para 2011. A empresa também irá parar o desenvolvimento de True Crime: Hong Kong. Essas decisões são baseadas no desejo da empresa em focar nas grandes oportunidades que tem atualmente para criar, proporcionando as melhores experiências de entretenimento interativo.

Na manhã desta quarta-feira esperava-se um grande anúncio da Activision sobre seu relatório financeiro do quarto trimestre, o que poderia indicar o cancelamento ou a pausa temporária da série Guitar Hero e o corte de funcionários da desenvolvedora FreeStyle Games, no Reino Unido.

A publisher irá focar todos seus esforços no desenvolvimento e marketing dos seus dois principais negócios – a franquia Call of Duty e as marcas StarCraft e World of Warcraft. Além de Guitar Hero, também foi cancelado True Crime: Hong Kong, que estava em desenvolvimento nos estúdios da United Front Games desde 2009.

No início deste ano a Activision confirmou o fechamento dos estúdios da Bizarre Creations, responsáveis pelo jogo de corridas Blur, lançado ano passado. No mercado de jogos musicais, a série Guitar Hero viu suas vendas em declínio e a falta de interesse do público em comprar novas edições.

No ano passado, Eric Hirshberg da Activision admitiu que a empresa tinha que focar nas suas séries mais fortes. “As vezes nós temos que tomar decisões difíceis,” falou.

“Em determinados momentos, pessoas muito talentosas infelizmente são pegas no meio da confusão. Nós temos que gerenciar nossas prioridades, e decidir quais os gêneros e categorias queremos tentar para competir no mercado.”

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Joao Prado
    2011-02-09T21:26:50

    Talvez as vendas tiveram esse declinio devido o fato dos Novos Guitar Heroes poderem somente serem jogados com as "Guitarras", os tres primeiros jogos da franquia podem ser jogados no controle normal. Nem todo mundo quer ou pode comprar as "guitarras" especialmente para jogar Guitar Heroe ou Rock Band, deveria ser re-pensado em liberar novamente aos controles normais!

  • Antonio Duarte
    2013-04-15T14:12:41

    Um dos melhores jogos que ja joguei doi Guitar Hero anos 80. As músicas ficaram na minha memória até hoje tenho todas em meu pc!

  • Sergio Santos
    2011-02-09T22:31:09

    Realamente é muito triste, por dinheiro ou um mero negocio ficamos sem um jogo muito bom, com boa musica e historia para nossos filhos, sem emoção sem lembranças da época que realmente se curtia o verdadeiro ROCK, embora alguns grupos de hoje tentem fazer o mesmo, vai ser muito dificil, pois a qualidade da maioria deixa a desejar, até mesmo o figurino é de baixo nivel se for falar de ROCK. É com muito medo que lacem o guitar funk, o guitar reestarte, o guitar univercitario todos e por ai vai, quem sabe assim no Brasil a tal empresa recupere seus prejuisos. Incentivar GUITAR HERO é o certo.