Video game

22/02/2011 17h18 - Atualizado em 14/07/2011 07h01

Co-fundador acha que ódio pela Activision é exagerado

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Já há algum tempo a Activision vem angariando reclamações por parte dos jogadores, produtoras, imprensa, ou seja, basicamente todo mundo que tem algo a dizer sobre o mundo dos jogos. Desde que ela se tornou uma das grandes publicadoras de software, várias reclamações que antes eram muito comuns à Electronic Arts, mudaram de endereço. Alan Miller, Co-fundador da empresa, acredita que esse ódio é exagerado.

“Bom, eu acho que é um pouco exagerada essa reação. É muito difícil ser uma publicadora de jogos. O seu objetivo é ganhar dinheiro suficiente para continuar no negócio e fazer novos jogos. Eu sei que eles não são uma compania muito extravagante. Eu conheço várias pessoas que trabalham lá que não tem escritórios luxuosos. Eles tentam criar maravilhosos produtos”, disse ele.

Call of Duty: Modern Warfare 2 (Foto: Divulgação)Call of Duty: Modern Warfare 2 (Foto: Divulgação)

 

 

Alan ainda complementa: “Mas como uma publicadora, você está tomando um risco e não é só um risco de desenvolvimento, é também um risco de marketing. É uma proposta muito cara, e você não tem a luxúria de colocar um produto no mercado se você não acha que ele vai ter uma boa performance e ser lucrativo”.

Em outro momento ele também menciona que está triste com o cancelamento da franquia Guitar Hero, mas que era um sintoma de como os negócios andam mudando na indústria dos jogos ultimamente.

Entre algumas das principais reclamações dos jogadores está o modelo de exploração da empresa. Segundo eles, a Activision acaba por colocar novas versões de seus jogos constantemente, sempre explorando ao máximo franquias das quais ela tem direito e às vezes independe da qualidade do jogo. Um dos exemplos citados é o Homem-Aranha, pois ele tem sofrido bastante nas mãos da produtora.

Alan Miller tem uma longa história no ramo de jogos, tendo trabalhado ainda na clássica Atari de 1977, quando ao sair de lá em 1979, fundou a Activision com o executivo da indústria da música, Jim Levy.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares