Jogos de aventura

04/02/2011 18h05 - Atualizado em 14/07/2011 07h04

Comparação: Kinectimals e EyePet

Cesar Crivelaro
por
Para o TechTudo
kinectnimals x eyepet (Foto: Divulgação)Kinectnimals x EyePet (Foto: Divulgação)

Na década de 1990, os tamagochis, mais conhecidos como “bichinhos virtuais”, eram a febre das crianças e dos adolescentes. Com a dificuldade cada vez maior de ter animais de estimação de verdade, apelava-se para os virtuais, por mais básico e simples que fossem. Hoje, século XXI, os animais evoluíram e passaram a ser os mais reais possíveis. Tanto o EyePet, para Playstation 3, quanto o Kinectimals, para Xbox 360, utilizam-se dos controles de movimento para tornar a experiência o mais real possível. Mas qual dos dois agradará mais as crianças (e possivelmente os mais adultos)?

Tabela de comparação entre kinectmals x eyepet (Foto: Divulgação)Tabela de comparação entre EyePet e Kinectmals (Foto: Divulgação)

 

Animais

Cada jogo possui seus próprios animais, suas peculiaridades e sua fofura. Em EyePet, você joga com um animal que parece um gato/macaco/furão, muito simpático e carismático. Apesar de parecer mamífero, você acompanha o nascimento dele nascendo de um ovo (você até auxilia batendo no ovo e esquentando-o).

Em Kinectimals, os animais parecem muito um tigre e estão sempre sorrindo. Eles são grandes, possuem uma variedade de cores e temperamentos, são curiosos e inteligentes. A relação do jogador com o animal é grande: você pode ensinar movimentos a ele fazendo-o, como pular, se fingir de morto ou “dar a patinha”. Para os dois animais, a IA é boa, os animais aprendem atividades e isso fica registrado em sua memória; há uma evolução gradual nos animais virtuais de estimação.

nascimento (Foto: Divulgação)Nascimento de seu bichano em EyePet (Foto: Divulgação)

Interatividade

Como cada um utiliza um meio diferente para interação, ambos tem prós e contras. Em Kinectimals há o uso do Kinect, um sensor de movimento que não é necessário controle, apenas o movimento do corpo. Com ele, você faz movimentos com os braços e eles são captados pelo sensor; assim, parece que você está fazendo carinho no felino. Você pode ensinar movimentos ao animal, dar de comer, provocá-lo e muitas outras coisas.

Na parte dos objetos, há uma seleção de brinquedos como bolas, galinhas de borracha e outras coisas para o bicho mastigar. Há também comandos por voz, em que há associações de palavras para comandos dos animais, como “Jump!”, ou “Sit Down!”. Sim, infelizmente, os comandos só podem ser dados em inglês.

Você também pode atirar coisas para o animal pegar, e é neste momento que se encontra um dos grandes problemas do jogo. Como foi um dos primeiros títulos para Kinect, a mira para atirar os objetos falha consideravelmente, a ponto de frustrar os mais velhos e aborrecer as crianças.

tigre  (Foto: Divulgação)Interatividade em Kinectimals (Foto: Divulgação)

EyePet é jogável com o PS Move, o controle de movimento do Playstation 3, uma espécie de bastão com uma esfera que brilha em sua ponta e tem seus movimentos captados pela PSEye, a câmera do PS3. Como há um joysyick, a precisão é bem mais apurada neste game, pois os objetos aparecem onde está o controle (como caixas de biscoito, secador, argolas para o animal pular atravessando, trampolins, entre outros).

O EyePet também é altamente customizável: você pode colocar roupas em seu mascote, além de modificar o pelo, a quantidade dele em diferentes regiões e até mesmo a cor, deixando-o com um moicano verde, por exemplo.

Você pode ensinar seu animal a cantar. Como a PSEye também tem um microfone, você pode ensinar diferentes músicas para seu animal reproduzir de forma caricata, quase infantil. O controle também permite ao jogador criar qualquer objeto desenhando na tela. A partir daí, o animalzinho reproduz o mesmo desenho em uma folha mágica de papel, que torna o objeto real e interage livremente com ele. Um porém para essa interatividade mais precisa é a necessidade do PS Move e de uma câmera, cujo pacote é vendido separadamente ao jogo.

comida (Foto: Divulgação)Em EyePEt você arremessa a comida para seu o seu bichinho de estimação (Foto: Divulgação)

Brincadeiras

Atividades lúdicas para os animais é o que não falta, e a variedade é grande, dando uma grande longevidade aos games. Em EyePet, Você pode jogar boliche, sendo o animal a bola, criar bolhas de sabão para ele estourar, dar banho, fazer carinho, treinar pulos, ensinar música, criar jardins com flores, construir veículos por meio de desenhos e fazer o animal utilizá-lo, vesti-lo com os vários prêmios que você pega ao longo do jogo, entre muitas outras coisas. Há inúmeras opções que não tornam o jogo monótono; muito pelo contrário, há entretenimento para o jogo inteiro.

Kinectimals foca tanto no entretenimento lúdico quanto em brincadeiras para treinar os felinos. Você tem objetos para selecionar, entre vários brinquedos que você pode interagir junto com o animal, além de desafios de atirar discos, rebater bola com ele, se esconder do campo de visão do bichinho e deixá-lo procurando, entre outras atividades específicas para essa relação direta do jogador com o animal. Há também exercícios e treinos, como de animais treinados, a pular entre pneus, se equilibrar em pontes, ziguezaguear por obstáculos, pular por cima de objetos, e outros. Esses treinos são feitos por ordens do jogador, que indica com o corpo como o animal deve fazer.

tigre kinect (Foto: Divulgação)Ajude seu animalzinho nas brincadeiras (Foto: Divulgação)

Progressão

Ambos possuem curvas de aprendizado e progressão muito bem feitas. Para os dois jogos, você começa com poucas opções e vai aprendendo aos poucos os limites que o jogo tem para oferecer e como funciona a interatividade com os animais. A partir de bons resultados, você vai adquirindo mais atividades para fazer, mais coisas para colecionar, mais objetos customizáveis e desafios mais elaborados.

Neste quesito, EyePet tem um problema: a trava de segurança para crianças. Como o jogo foi desenvolvido para este público-alvo, há um limite de tempo para jogar; após o fatídico acúmulo de horas, o jogo bloqueia a continuação, permitindo apenas continuar no dia seguinte. Para crianças de férias, isso poder ser um incômodo. Veja abaixo um trailer do jogo mostrando como funciona sua interatividade:


Dificuldade

Um dos grandes problemas desses dois jogos é a dificuldade; ou melhor, a falta de dificuldade. O jogo foi feito para crianças, o que os tornam mais fáceis, mas muitas vezes ambos parecem subestimar a inteligência do jogador com desafios pífios e explicações desnecessárias.

Além dessa facilidade exagerada, há algo para nós, brasileiros, que torna tudo mais difícil: o inglês. Ambos não possuem a língua portuguesa como opção, dificultando o acesso ainda mais para nossas crianças se divertirem com o jogo. Palavras como “Jump!” ou “Here!” podem não ser o problema, mas na hora de interpretar uma ordem ou um pedido ou saber o que é preciso para completar um desafio, as coisas complicam ainda mais. Veja abaixo um vídeo mostrando a jogabilidade de Kinectimals:


Conclusão

Tanto Kinectimals quanto EyePet cumprem sua função de divertir não só as crianças, mas também os adultos. A experiência de utilizar o movimento aumenta a interatividade com os animais, impressionando todos os tipos de público. Além de animais muito simpáticos, a diversão lúdica é “pura”: não há violência, nem competição, nem mesmo algo que prejudique o jogador ou o animal. Há apenas o compromisso com a diversão, e isso, tanto Kinectimals quanto EyePet, conseguiram transfigurar em animais super carismáticos que cativam qualquer pessoa.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Diogo Rz
    2013-09-26T22:48:19

    isso é meio mentiroso o kinect animals tem uma variedade maior de animais ja o Eyepet tem uma customização maior nos animais ,a pseye é horrivel comparada ao kinect então mesmo com um espaço bom se vc tentar fazer um carinho nele as vezes da como se fosse uma bicuda o macaco sai voando como se tivesse batido forte é mt estranho ,o Eyepet é feito pra se jogar com um movie e a camera pra se complementarem. eu acho que eles n tem como comparar diversão cada um tem boa diversão e pra cada pessoa um diverte mais

  • Diogo Magalhaes
    2011-02-07T13:37:13

    O EyePet ao contrário do que diz a matéria tem a opção de ser em portugues, tudo bem que é o de portugal, mas além do sotaque é tudo muito compreensivel. Vários momentos do jogo, o uso no Psmove é descartado sendo necessário apenas as mãos em frente a camera, como no Kinect. Poderiam ter feito uma análise melhor do jogo para fazer uma comparação destas.

  • Renan Lopes
    2011-02-07T12:12:40

    Os dois trazem a diversão para dentro de casa... acredito que o Kinectimals tem mais vantagem por levar o kinect, sem problemas e dificuldades, diferente do EyePet que mesmo não querendo você vai ter que passar pelo mini tutorial. agora é só esperar para uma pequena evolução do Kinectimals para melhorar seus pequenos problemas. abraço.