28/02/2011 17h01 - Atualizado em 28/07/2015 11h09

Gabinete para computador com painel de Lego é lançado em Taiwan

Carla Cristina da Costa
por
Para o TechTudo

Quando você pensa em Lego, tenho certeza que bate aquela nostalgia boa da sua infância, quando você brincava com aqueles bonequinhos de cabelo “chanel” e inúmeras pecinhas de montar. E se você pudesse reviver essa época, de uma maneira mais tecnológica e moderna, dentro do seu escritório? Se bateu essa vontade, talvez um gabinete para computador feito de Lego seja a solução.

A Coobeeo, uma pequena empresa de Taiwan que fabrica gabinetes para desktops, acaba de lançar o HELLO.Q, um gabinete para computador que possui um painel frontal composto por peças de Lego. Mas, afinal de contas, quais são as outras grandes vantagens em se ter um gabinete feito com esse material?

Gabinete de Lego (Foto: Reprodução)Gabinete de Lego (Foto: Reprodução)

Além de exibir um visual “cool”, que dará inveja a muito geek por aí, o gabinete possui peças de Lego com encaixes expostos, o que permite ao usuário customizar o objeto das mais variadas formas, adicionando novas peças ao desktop.

Com esse recurso, você pode exercer seu lado “designer”, desenvolvendo peças agregadas ao desktop como um porta-lápis, um porta-chaves ou algum bonequinho decorativo. Além disso, o gabinete pode virar um painel de mensagens para seus colegas de escritório, pois você pode escrever pequenos recados com as peças de Lego. Ou então, caso o desktop fique em casa, você pode fazer uma surpresa romântica e original, ao deixar um “eu te amo” em Lego para seu namorado ou esposa no painel do gabinete.

Gabinete de Lego (Foto: Reprodução)Gabinete de Lego (Foto: Reprodução)

O HELLO.Q ainda pode servir como um ecológico “risque e rabisque”, onde você vai exercer seu lado artístico, com desenhos e rabiscos que podem ser construídos e apagados com muita facilidade, e o melhor: sem gerar qualquer tipo de sujeira ou acúmulo de papel. Como vimos, este case realmente promete ocupar bastante o seu tempo dedicado ao ócio criativo. Vamos torcer para que alguma importadora se interesse em comercializar o produto no Brasil.

Saiba mais na Coobeeo.

Via: Akihabara News 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares