Jogos de arcade

17/02/2011 22h03 - Atualizado em 24/07/2017 16h33

Jogos que mereciam um Remake: Alex Kidd

Ingo Müller
por
Para o TechTudo

Antes de Sonic quebrar a barreira do som no Mega Drive e se estabelecer como símbolo da Sega, a empresa tinha outro garoto propaganda. Este por sua vez era seu mascote não oficial e fez muito sucesso, principalmente no console Master System: Alex Kidd, o menino cabeçudo que quebrava pedras com os punhos, coletava sacolas de dinheiro e mudava de fase comendo bolinhos de arroz.

O personagem apareceu pela primeira vez no game de 1986, Alex Kidd in Miracle World. Foi o título mais conhecido do herói, já que a maioria dos Master Systems vendidos na época possuíam o game na memória.

alex-kidd-faixa (Foto: Reprodução/YouTube)Alex Kidd in The Miracle Worlds (Foto: Reprodução/YouTube)

Neste jogo o protagonista precisava salvar o reino de Radactian das mãos de Janken, o grande – um vilão cujos capangas preferiam duelos de pedra, papel e tesoura do que confrontos mano a mano. Com fases em terra, no ar e na água e uma série de Power ups diferentes (como a bengala voadora, o bracelete de raios e o helicóptero movido a pedaladas), o jogo se tornou um clássico das aventuras side scrolling.

Alex estrelou outros games, como The Lost Stars, nos fliperamas; Alex Kidd in Hight Tech World, um jogo de aventura que tinha elementos de RPG; e Alex Kidd in Shinobi World, quando o herói incorporava o espírito de um ninja e saia decepando inimigos com uma espada.

Alex Kidd in Shinobi World (Foto: Reprodução / YouTube)Alex Kidd in Shinobi World (Foto: Reprodução / YouTube)

O personagem chegou a estrear no Mega Drive com Alex Kidd in Enchanted Castle, lançado em 1989; e ainda foi protagonista de um game de BMX lançado apenas no Japão para o Master System.

Porém as mãos avantajadas do herói não conseguiram suportar o peso dos anos 90, e ele acabou sendo deixado para trás pelo ouriço azul superveloz. A Sega tentou fazer com que o Mega Drive fosse visto como um console mais “radical”, e o mundo singelo de Alex Kidd não se encaixava bem neste padrão. O personagem foi deixado de lado, se limitando a fazer pontas em jogos como Shenmue e Segagaga, no Dreamcast.

Ele teve um breve retorno em dois outros jogos da companhia: Sega Superstar Tennis, e Sonic & Sega All-Star Racing (clones de dos sucessos da Nintendo: Mario Tennis e Mario Kart, respectivamente), mas acabou voltando para o limbo dos personagens de videogame.

Sega All Star Racing (Foto: Divulgação)Sega All Star Racing (Foto: Divulgação)


A última vez em que o personagem foi visto, foi na compilação Sega Genesis Collection, lançada para PS2. Por isso mesmo, está mais do que na hora dos clássicos de Alex Kidd ganharem versões atualizadas.

A Sega poderia se inspirar no sucesso de Sonic 4 na Xbox Live e PSN e lançar aventuras episódicas recontando a jornada de seu primeiro personagem ilustre, com gráficos redesenhados em Full HD, mas o clima vintage que agradaria aos fãs da série.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Lucia Chaves
    2011-02-18T02:01:29

    Maravilhosa lembrança!. Sou fã do Alex Kidd e o texto me fez navegar na memória de um tempo bom.