Tablet

11/02/2011 14h03 - Atualizado em 14/07/2011 07h03

Nokia não abandona o MeeGo e o Symbian, mas o futuro de ambos é incerto

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

O assunto do dia é a parceria entre Nokia e Microsoft, iniciando assim uma nova fase para ambas no mercado de telefonia móvel. Diante de tantos rumores e especulações, fica estabelecido que o Windows Phone 7 será a plataforma primária da Nokia para smartphones, e recursos da Microsoft, como o Bing, Xbox Live e Office estarão presentes nos futuros lançamentos da fabricante finlandesa. Porém, fica a pergunta: qual será o futuro do MeeGo e do Symbian após o anúncio de hoje.

Nokia N8 (Foto: Divulgação)Nokia N8 (Foto: Divulgação)

A própria Nokia responde, e deixa claro aos milhões de fãs do Symbian ao redor do mundo que o sistema não morreu. Começando pelo MeeGo, a Nokia informa que, de acordo com sua nova estratégia, esse sistema vai se tornar um projeto open-source, para desenvolvimento. Eles pretendem desenvolver em longo prazo o sistema, com o objetivo de explorar novas possibilidades para lançamentos futuros. A Nokia ainda tem planos de lançar um produto com o MeeGo ainda em 2011.

Já no caso do Symbian, ele será uma plataforma de “franquia”. Isso quer dizer que, uma vez que o Windows Phone 7 será o sistema que será adotado nos smartphones com recursos mais avançados, o Symbian continua nos aparelhos de linhas menores, que são destinados para mercados emergentes ou nos produtos que fazem parte de parcerias com operadoras. A Nokia usa essa estratégia com o objetivo de reter ou promover a transição dos mais de 200 milhões de usuários Symbian.

Outro indício de que, pelo menos da parte da Nokia, o Symbian não está morto, sem mostra pela estimativa otimista que os finlandeses informam de vendas do antigo sistema. A Nokia espera vender em 2011, pelo menos, 150 milhões de aparelhos com Symbian.

Via: Engadget

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares