Jogos casuais

23/03/2011 19h26 - Atualizado em 28/08/2013 16h40

Angry Birds Rio para Android poderá ter comercialização exclusiva pela Amazon Appstore

Luiz Carlos Almeida
por
Para o TechTudo

A Amazon, gigante mundial em comércio eletrônico de produtos de varejo, lança seu próprio mercado digital para distribuição de aplicativos para Android. A divisão deverá ser chamada de Amazon Appstore Developer Portal.

Uma das partes da estratégia de lançamento é aproveitar o foco do grande sucesso do jogo Angry Birds e o lançamento do filme RIO. Para colocar a estratégia em prática um acordo foi firmado com a desenvolvedora do game Angry Birds Rio para plataforma Android. Neste acordo a distribuição e comercialização de vendas do jogo será feita exclusivamente pela Amazon.

Angry Birds Rio (Foto: Divulgação)Angry Birds Rio (Foto: Divulgação)

Além de gerar lucros para a empresa o game ajudará a divulgar a nova loja. Por outro lado pode limitar a capacidade de alcance do jogo e por sua vez comprometer a divulgação do filme.

A Amazon ainda enfrenta problemas com o nome de sua loja para aplicativos Android, pois o nome AppStore foi usado primeiramente pela Apple. A empresa de Steve Jobs está movendo um processo judicial para manter o nome exclusivo para a empresa, alegando que o uso do nome para outras plataformas pode confundir o consumidor.

A Apple ainda alega que a Amazon usou ilegalmente a marca App Store para recrutar desenvolvedores de software nos Estados Unidos, e abriu outro processo contra a empresa. “Pedimos que a Amazon não copiasse o nome da App Store porque isso vai confundir e induzir consumidores ao erro”, disse um porta-voz da Apple.

O game Angry Birds Rio, que não tem nada a ver com a briga entre as gigantes, deve fazer seu papel e conquistar milhões de fãs pelo mundo seguindo os passos da franquia Angry Birds, com a ajuda da Amazon ou não.
 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares