Notebook

22/03/2011 11h10 - Atualizado em 14/07/2011 06h58

Blizzard: StarCraft 2 "mercado de mapas" pode estar chegando

Luiz Carlos Almeida
por
Para o TechTudo

Uma otima novidade para os fãs da série Starcraft 2. Imagine a possibilidade de compartilhar os mapas que você cria para o jogo, e ainda mais, ser remunerado por eles.

StarCraft II: Wings of Liberty (Foto: Divulgação)StarCraft II: Wings of Liberty (Foto: Divulgação)

Parece que isso está bem próximo de acontecer, Durante a BlizzCon 2009, a Blizzard revelou planos para colocar uma interface de compras dentro de StarCraft 2, que permita aos jogadores comprar mapas criados por usuários, com receita compartilhada entre a empresa e o criador do mapa.

O jogo foi lançado em julho de 2010, arrastou multidões de fãs, é um sucesso de vendas , e praticamente não sofre com a pirataria, pois para jogar na batle.net é necessário adquirir o jogo original. Além de tudo isso dispõe da tecnologia necessária para realizar esse tipo de ação de integração entre jogadores de todo o mundo com vendas de mapas criados através da ferramenta que o próprio jogo disponibiliza, não é incrível?

Durante uma entrevista ao site MTV Multiplayer, Frank Pearce, da Blizzard afirmou que o recurso ainda está em projeto:

“Isso não é necessariamente algo que nós temos um cronograma específico”, disse Pearce, “o que é lamentável, porque uma das coisas que descobrimos, especialmente a partir de nosso aprendizado, de World of Warcraft, é que muitas pessoas que jogam esses jogos, são apaixonadas por eles e querem experimentar infinitas possibilidades de conteúdo. Com o “StarCraft 2 Client”, o editor de mapas do StarCraft 2, aliado a plataforma Battle.net, poderemos criar uma oportunidade para a comunidade se servir com o conteúdo “.

Ainda não há ainda uma data definida para que isso aconteça, temos que esperar a Blizzard tirar o projeto do papel e o colocá-lo em prática, e convenhamos que se tratando da empresa que chega a levar anos para desenvolver um projeto, isso pode demorar ainda um bom tempo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares