01/03/2011 19h22 - Atualizado em 14/07/2011 07h01

Pilotos já podem usar o iPad como guia em voos comerciais

Luiza Baptista
por
Da redação
iPad com aplicativo Jeppesen Mobile TC (Foto: Divulgação)iPad com aplicativo Jeppesen Mobile TC (Foto: Divulgação)

O mundo da tecnologia está sempre cheio de novidades para facilitar a vida das pessoas, criando necessidades que nem sabiamos que existiam. No século XIX, por exemplo, as pessoas nem podiam imaginar como o dia-a-dia ficaria mais fácil com o forno microondas ou mais fresco com o ar condicionado. Durante muitos anos os pilotos de avião levaram vários papéis no voo, eram gráficos, planilhas, dados... enfim, informações necessárias para uma navegação segura. Mas não é nada moderno, prático ou ecológico levar quilos de folha a bordo do avião. Agora os pilotos poderão, finalmente, aproveitar a comodidade dos iPads.

A Autoridade Federal da Aviação (Federal Aviation Authority – FAA) autorizou que os papéis sejam substituídos por iPads que contenham o aplicativo Jeppesen Mobile TC. A única empresa que vai trabalhar com a novidade é a Executive Jet Management, por enquanto, mas a autorização deve ser extendida para outras companhias em breve.

Foram três meses de teste para que o iPad fosse aprovado. A avaliação foi realizada em várias altitudes e pressões diferentes, para confirmar a resistência e eficiência do dispositivo. Para melhor utilização, a FAA exige que o iPad esteja acoplado em uma posição confortável para visualização, assim o piloto pode utilizar o aparelho sem precisar segurá-lo nas mãos.

Caso o sistema pare de funcionar, ele pode ser reiniciado em apenas 4 ou 6 segundos. Se fizer sucesso, o iPad poderá ser montado dentro do avião, como já pode ser feito em carros. Nesse caso, seria necessário colocar um segundo dispositivo para backup. Mesmo com os dois, o peso e o espaço que ocupa é bem menor que o ocupado pelas folhas de papel. Com o tempo e aprovação da AFF, o iPad pode inclusive substituir outros eletrônicos, como: GPS, mapas, informações sobre o tempo e mais recursos.

Via: Electronista
 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares