11/04/2011 11h33 - Atualizado em 14/07/2011 06h55

Governo determina que banda larga popular deve ter pelo menos 1 Mbps

Thássius Veloso
por
Do Tecnoblog
Banda Larga (Foto:  )Banda Larga (Foto: )

A presidente Dilma Rousseff está decidida a levar a banda larga a milhões de lares brasileiros. Até recentemente, a visão da presidente era de que 600 Kbps seriam suficientes para uma navegação razoável na chamada banda larga popular. Isso mudou, de acordo com o jornal “Folha de São Paulo”. Agora a presidente quer conexões de pelo menos 1 Mega em todo o Brasil.

O recado já foi dado ao ministro das Comunicações, que deverá repassá-lo às operadoras de telefonia. Em xeque está um Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) que já nasce atrasado em relação a outros países do mundo. Dilma quer diminuir esse atraso ao elevar o mínimo de velocidade de download.

Essa conexão de 1 Mega deverá custar o mesmo que os 600 Kbps anteriormente negociados pelo governo. O preço máximo para esse serviço será de R$ 35 mensais. Será ainda menor nos Estados que concordaram em reduzir o ICMS (um imposto estadual): R$ 28,90 mensais.

As negociações para colocar o PNBL estão acontecendo a todo vapor. O pedido das empresas de telefonia é um só: que o governo permita que elas ofereçam o serviço de televisão por assinatura, um novo negócio que promete ser bastante lucrativo nos próximos anos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares