13/04/2011 18h46 - Atualizado em 14/07/2011 06h54

LG apresenta oficialmente o smartphone Revolution

Renato Galisteu
por
Para o TechTudo

A LG apresentou, durante a CES 2011, o Revolution, a nova aposta em smartphone da empresa. Com sistema operacional Android 2.2, o gadget é o que podemos chamar de um grande lançamento! Com tela de 4,3 polegadas, o aparelho conta com o processador dual-core Tegra 2 e duas câmeras, sendo uma de 8 megapixels e outra frontal de 1,3 megapixels. O aparelho funcionará em bandas 3G e 4G e, lá fora, será comercializado pela Verizon.

LG Revolution (Foto: Reprodução/Engadget)LG Revolution (Foto: Reprodução/Engadget)

Ou seja, a moda agora é ter uma mini tablet como smartphone, com displays cada vez maiores e sistema de processamento ainda mais potente. Fazer ligações tornou-se, definitivamente, a função secundária de qualquer celular.

Informações quanto a memória RAM do aparelho, HD interno, capacidade de expansão via micro SD ou aplicativos que serão integrados ao sistema, não foram divulgadas. Segunda a empresa, o Revolution está passando por testes de acessibilidade com usuários convencionais, para melhorar o desempenho e corrigir possíveis falhas. Informações quanto ao upgrade do Android 2.2 para o Gingerbread também não foram ditas, mas isso é questão de tempo.

O aparelho estará disponível para o mercado ainda este ano, mas nada referente à quando chegará ao Brasil e o custo para ter esse mega smartphone em mãos. Como muitos lançamentos da gringa, basta para nós brasileiros esperar.

De uma coisa nós sabemos: os amantes do Android começaram a ter muitas dificuldades para escolher qual será o próximo smartphone, já que este ano parece ser voltado totalmente para as novidades do sistema operacional do Google.

Veja o vídeo abaixo e curta um pouco mais o Revolution:


Via UberGizmo e Engadget

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares