Notebook

27/05/2011 12h57 - Atualizado em 14/07/2011 06h45

Apple estaria testando MacBook Air com o processador A5, o mesmo do iPad 2

Bruno do Amaral
por
Para o TechTudo

Acha que o iPad 2 tem um processador potente? E se ele equipasse um MacBook Air, continuaria sendo tão bom assim? Pois é o que a Apple estaria testando internamente, segundo uma “fonte anônima” do site japonês especializado Macotakara nesta sexta-feira (27). E o resultado teria saído “melhor do que o esperado”.

macbook air (Foto: Divulgação)macbook air (Foto: Divulgação)

Segundo o portal nipônico especializado em Macs, o processador A5, que equipa a segunda geração do tablet (e provavelmente será encontrado também no próximo iPhone, em setembro), teria sido incluído provavelmente apenas para experimentos. Não se sabe se o MacBook Air estaria rodando os sistemas operacionais Mac OS X ou o iOS, já que o primeiro necessitaria de alguma adaptação por parte dos desenvolvedores.

O protótipo do notebook estaria sendo testado junto com outro similar, mas com o processador Sandy Bridge, da Intel – este sim deverá chegar de fato ao mercado entre junho e julho. Ambos estariam equipados com a porta Thunderbolt, da própria Apple.

Alguns rumores circulavam no começo do mês em sites especializados afirmando que a Apple estaria considerando migrar para processadores ARM, como o A5, para seus laptops. Claro que isso gerou polêmica, já que, apesar dos benefícios em relação ao menor consumo de energia (permitindo baterias menores e diminuindo ainda mais a espessura do MacBook Air), haveria uma óbvia redução de potência ao se comparar com chips da Intel.

O A5 é um processador dual-core baseado no ARM Cortex-A9 MPCore, possui 512 MB de memória RAM DDR2 e, apesar de alcançar o clock de 1 GHz, pode diminuir a velocidade dinamicamente para consumir menos bateria. Ele é utilizado no iPad 2 juntamente com o chipset gráfico (GPU) PowerVR SGX543MP2 para deixar o CPU duas vezes mais rápido e os gráficos nove vezes mais velozes do que a primeira geração do tablet da Apple.

Via: Ubergizmo e Macotakara

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares