Sistemas Operacionais

23/05/2011 10h30 - Atualizado em 14/07/2011 06h46

ICQ para Linux é oficialmente lançado, com algum atraso

Rafael Silva
por
Do Tecnoblog

Antes de cair em desuso, o ICQ foi um dos grandes programas de mensagem instantânea usados mundialmente. Sua facilidade de uso e grande base de usuários pesquisável fazia dele o IM do momento. Até que em um determinado dia, ele foi perdendo espaço para as inovações e novidades trazidas pelo AIM, MSN (agora Windows Live Messenger), Google Talk e diversos outros.

ICQ no Linux (Foto: Reprodução)ICQ no Linux (Foto: Reprodução)

Com a intenção de mostrar que ainda existe, o ICQ lançou discretamente hoje a sua versão para Linux. Ela foi descoberta por um leitor do blog Ubuntu Dicas, que notou o link na página na noite de ontem. Hoje de manhã a página já levava para a versão oficial do programa.

Antes que os afoitos por ICQ que usam Linux saiam correndo atrás dele, saibam que essa versão não foi exatamente programada nativamente para o sistema operacional do pinguim. Ela não passa de um re-empacotamento da versão para Mac OS X, que é completamente feita em Adobe Air. Então antes de instalá-lo, é preciso ter a plataforma Air da Adobe já rodando.

Como se não bastasse esse pequeno detalhe, o programa também exige um processador de ao menos 2.3 GHz para rodar sem falhas.

Vou chutar que ele não vai conseguir atrair muitos usuários assim.

Via: Ubuntu Dicas

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares