Fabricantes

02/05/2011 17h55 - Atualizado em 14/07/2011 06h51

Novo modelo do Acer Aspire Predator, o desktop para games

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

Recentemente, temos muitos lançamentos de notebooks com configurações turbinadas e com um objetivo bem específico: os games. Placas gráficas, memórias, processadores e discos rígidos com elevados recursos não são mais uma exclusividade dos desktops, e podemos encontrar excelentes equipamentos compactos, com poderes para rodar os jogos mais recentes. Porém, os desktops ainda são os preferidos dos gamers mais exigentes. A Acer sabe disso, e apresentou hoje o desktop Aspire G3100 Predator.

Acer Aspire Predator (Foto: Divulgação)Acer Aspire Predator (Foto: Divulgação)

Para começar o festival de números, o Acer Aspire G3100 Predator possui um processador AMD Phenom II hexa-core (sim, com seis núcleos). Originalmente, ele vem com 4 GB de RAM, mas se você acha essa quantidade de memória insuficiente, pode elevar para 8 GB de RAM facilmente. Ou seja, você conta com a facilidade de troca ou atualização de componentes de hardware, caso necessite de um melhor desempenho nas suas partidas.

O Aspire G3100 Predator possui 1 TB de armazenamento em um único HD, mas se você quer o máximo em armazenamento, e quer discos livres para executar o sistema operacional e salvar seus jogos, você pode adicionar até três HDs de 2 TB cada, totalizando em impressionantes 6 TB de armazenamento. Ele vem ainda com uma unidade de DVD (que pode ser atualizada para uma unidade de Blu-ray), placa gráfica NVIDIA GeForce GTX 640 (também atualizável), e vários leitores de cartões.

Por fim, o desktop ainda possui Gigabit Ehernet e porta USB 3.0 opcional. Como você pode imaginar a esta altura do texto, o Acer Aspire G3100 não é barato: na sua configuração mais básica, o produto custa aproximadamente US$ 963.

Via: TechFresh

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares