Fabricantes

18/05/2011 15h24 - Atualizado em 14/07/2011 06h47

Philips lança a primeira lâmpada LED compatível com os soquetes das lâmpadas das residências

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

As lâmpadas tradicionais, amarelas, que queimavam depois de um tempo de uso, ficaram para trás. Hoje, temos as lâmpadas fluorescentes, que economizam uma boa quantidade de energia, e iluminam com relativa eficiência. Mas até essas lâmpadas serão ultrapassadas.

Lâmpada Philips (Foto: Divulgação)Lâmpada Philips (Foto: Divulgação)

A tecnologia LED vem aí, oferecendo ainda mais economia, com mais tecnologia. Porém, um dos problemas era as estranhas cores que estavam disponíveis para essas lâmpadas (sem contar o seu preço elevado). Bom, pelo menos um desses problemas, a Philips conseguiu resolver.

A lâmpada Philips EnduraLED A21 foi apresentada com a credencial de ser a primeira lâmpada LED do mundo compatível com com os soquetes tradicionais das lâmpadas incandescentes que temos em nossas residências. A versão LED dessas lâmpadas podem produzir 1100 lúmens de luz, consumindo apenas 17 watts de energia. Em outras palavras, a Philips EnduraLED A21 é muito mais eficiente que as lâmpadas incandescentes, que já são eficientes.

Na prática, além de resultar em uma conta de energia menor no final do mês, ela pode durar 25 vezes mais que uma lâmpada convencional, e seu consumo é aproximadamente 80% menor. E isso, no final do mês, deve resultar em dinheiro suficiente para você comprar a pizza do final de semana. Bom, ou isso, ou pelo menos um sanduíche, ou algo parecido.

Mas essa economia toda tem um preço. A lâmpada Philips EnduraLED A21 tem preço recomendado de US$ 40 a US$ 45. Ou seja, se sua casa é de tamanho médio, e você quer colocar esse tipo de lâmpada nos cômodos principais (sala, quarto do casal e do filho e cozinha), o usuário deve se preparar para investir, pelo menos, US$ 160 logo de cara. Mas isso deve ser encarado como um investimento com retorno garantido e satisfatório.

Via: Technabob

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares