Sistemas Operacionais

18/05/2011 19h33 - Atualizado em 08/08/2013 15h38

Preview: Guild Wars 2

Lorena Boyer
por
Para o TechTudo

Guild Wars 2 promete quebrar padrões. Produzido pela ArenaNet, o game vem para mudar vários conceitos, trazendo muitas novidades no estilo de jogo dos MMOs. Para começar, no Guild Wars 2 você pode esquecer as missões que está tão habituado a fazer, pois elas não existem da forma como os jogadores de MMO estão acostumados, ou seja, você não pula de um ‘ponto de exclamação’ para outro. 

Guild Wars 2 (Foto: Divulgação)Guild Wars 2 (Foto: Divulgação)

Em Guild Wars 2 você explora e, ao explorar se torna parte de eventos, podendo participar deles através de rifts, missões públicas ou em grupo. Isso não é bem uma novidade, pois já havia sido apresentado aos jogadores em outros games do gênero: Rift e Warhammer Online, mas nenhum deles tem uma presença tão forte de eventos públicos. Eles estão por toda parte, emendando um objetivo no outro. Impossível não fazer parte deles. 

Mike O’Brien, fundador da ArenaNet, sabe que focar tanto nos eventos, deixando de lado as tradicionais missões, pode ser um risco que, segundo ele, vale a pena correr. “Ao iniciar este projeto, passamos um bom tempo pensando nos primeiros jogos no estilo MMO, voltando no tempo em que ficávamos imaginando o que eles seriam.

O que todos nós esperávamos, e o que todos esperam hoje, é que os MMOs sejam realmente um mundo e que suas ações nele tenham um impacto. Se você chega a uma cidade e as pessoas estão correndo desesperadas gritando ‘os centauros estão atacando!’, você quer ver os centauros atacando. Você quer impedi-los. Você quer controlar a situação. E depois você vai querer ajudar a reconstruir a cidade. Essa é a visão inicial de Guild Wars 2: Vamos construir um mundo em que todos nós habitamos juntos.” 

Guild Wars 2 (Foto: Divulgação)Guild Wars 2 (Foto: Divulgação)

A progressão do personagem ainda é baseada nas skills, mas totalmente focada em uma história individual. Na criação do personagem, o jogador tem várias escolhas ao seu dispor que vão influenciar na maneira que seu personagem evolui pelo jogo. “Queremos que Guild Wars 2 seja um bom RPG,” diz Mike. “Um grande RPG além de ser um MMO. Queremos que seu personagem transmita a sensação de ter um passado e que possui aspirações. Que tem algo a mais do que uma simples escolha de profissão e uma raça”. 

Guild Wars 2 ainda não tem data de lançamento definida. Segundo o site oficial, ele será lançado “quando estiver pronto”, mas os fãs esperam o game para ainda este ano. 

Thor (Foto: r)

 

Via PC Gamer

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares