27/05/2011 18h34 - Atualizado em 14/07/2011 06h45

Prisioneiros chineses podem ter sido forçados a jogar MMOs

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Muitas pessoas acreditam que jogos MMO são monótonos, repetitivos e se perguntam por que jogadores perdem tanto do seu tempo executando as mesmas tarefas várias e várias vezes pela recompensa de alguma moeda virtual. Mas e se você não tivesse escolha? Na China, prisioneiros podem ter sido forçados a jogar online por longos períodos de tempo para ganhar dinheiro virtual.

Prisioneiros chineses podem ter sido forçados a jogar MMOs (Foto: The Guardian)Prisioneiros chineses podem ter sido forçados a jogar MMOs (Foto: The Guardian)

O jornal britânico The Guardian teria revelado uma prática desumana onde prisioneiros eram forçados a jogar, tendo que cumprir cotas de produção dentro do jogo, ou sofreriam violência física. Segundo um prisioneiro anônimo, a escolha dos MMOs era devido à “Gold Farm” ser uma prática mais lucrativa do que o tradicional trabalho manual forçado aplicado na maioria das prisões.

O processo conhecido por Gold Farm, envolve repetição extrema de tarefas monótonas em troca de moeda virtual que depois possa ser revertida em moeda real. Estima-se que a China domine 80% deste Gold virtual do mundo, tendo faturado bilhões com a prática.

O prisioneiro comentou: “Os chefes da prisão ganhavam mais dinheiro forçando os detentos a jogar do que forçando as pessoas a fazer trabalhos manuais. Havia trezentos prisioneiros forçados a jogar. Nós trabalhávamos em turnos de doze horas. Eu ouvi eles dizerem que podiam ganhar 5.000 a 6.000 Yuans [aproximadamente US$ 770] por dia”.

“Nós não víamos nada do dinheiro. Os computadores nunca eram desligados. Se eu não pudesse completar minha cota de trabalho, eles iriam me punir fisicamente”, continuou ele. E encerrou: “Nós continuávamos jogando até que nós mal pudéssemos ver as coisas”.

A prisão envolvida negou que tal prática existisse, dizendo que os prisioneiros não podem ter contato com o mundo externo e que seria fácil fazê-lo através de jogos online, descartando assim a possibilidade.

Via Massively e The Guardian

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares