Video game

06/05/2011 13h03 - Atualizado em 14/07/2011 06h50

Rage deverá ser o paraíso das modificações

Dori Prata
por
Para o TechTudo

Se os gráficos belíssimos do Rage, seu vasto mundo para ser explorado, os elementos de RPG e a típica ação que só a id Software sabe proporcionar não são o bastante para chamar a atenção dos apaixonados por jogos de tiro em primeira pessoas, ao menos aqueles que gostam de brincar com a engine dos games encontrará nele um ótimo passatempo. 

Rage (Foto: Divulgação)Rage (Foto: Divulgação)

Segundo Tim Willits, diretor criativo do jogo, quando a versão para PC for lançada, virá com o mesmo conjunto de ferramentas usadas pelo estúdio para desenvolvê-lo e embora criar algo muito diferente não será fácil, qualquer um poderá brincar com o editor de fases. 

“Chame o console, digite ‘id studio’, aperte o enter e então bam! Aí estão todas as ferramentas de que precisa. 

Construir fases do zero será mais difícil, porque teremos um sistema de camadas em algumas das fases. Eu posso prever alguém modificando Wellspring [uma cidade do jogo] e adicionando personagens, lhes dando vozes diferentes.” 

Permitir a criação de modificações de jogos é uma prática bastante antiga na indústria e fez com que jogos como Doom e Half-Life fizessem anda mais sucesso e poder mexer “nos bastidores” de uma motor tão poderoso quanto a idTech 5 certamente deixará muita gente feliz, no entanto, os verdadeiros privilegiados com isso podem ser os jogadores, que provavelmente verão a vida útil do game aumentar consideravelmente. 

Caso você ainda não tenha visto o Rage em ação, o trailer abaixo mostra um pouco da sua jogabilidade e serve para deixar muita gente contando as horas para que setembro chegue logo. 

 

via PC Gamer

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares