Tablet

18/05/2011 15h33 - Atualizado em 14/07/2011 06h47

RIM fará recall de 900 tablets PlayBook

Ricardo Fraga
por
Para o TechTudo

Por essa, ninguém esperava. A Research In Motion, fabricante dos famosos smartphones BlackBerry, anunciou o recall de 900 unidades do PlayBook, o tablet da empresa. Os rumores começaram no último sábado (14), quando o blog Engadget teve acesso a um memorando enviado à rede Staples.

PlayBook (Foto: Divulgação)PlayBook (Foto: Divulgação)

Segundo o blog, o documento afirmava que “cerca de 900 unidades do tablets PlayBook” apresentavam defeito e que, como a maioria ainda estava nos centros de distribuição, uma listagem com o número de série dos equipamentos defeituosos estava sendo enviada para que as lojas retirassem tais peças do estoque. O problema, segundo a RIM, estava na compilação do sistema operacional embarcado nas unidades.

“A maioria dos dispositivos afetados está ainda nos canais de distribuição e não chegou aos clientes. A RIM está trabalhando para substituir os dispositivos afetados”, disse a empresa. “O pequeno número de clientes que tenham recebido um tablet defeituoso devem entrar em contato com a RIM para obter ajuda”. Somente os equipamentos de 16GB da versão de 7 polegadas foram afetados.

Ao decidir fazer o recall, a RIM demonstrou que quer amenizar os transtornos causados aos clientes. Afinal, tal problema poderia ser resolvido facilmente através da disponibilização de uma atualização, que poderia ser baixada no tablet via USB. Ao recolher as unidades, a empresa indica, claramente, que a frustração do cliente não é uma opção.

Apesar de todas as medidas de contenção, o efeito colateral foi inevitável. As ações da companhia, listada na Nasdaq, chegaram a cair a 42,61 dólares na última segunda-feira (16), apenas 0,09 dólares acima da profunda depressão de agosto de 2010. Caso as ações ficassem abaixo de 42,52 dólares, elas teriam o menor valor desde março de 2009. Porém, às 15h51 (horário de Brasília), as ações da companhia operavam perto da estabilidade, a 43,25 dólares.

Provavelmente isso não muda nada do ponto de vista financeiro, mas representa outra mancha para a empresa do ponto de vista de execução’, disse o analista Matthew Thornton, da Avian Securities a respeito do recall.

Via: Ars Technica

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares