Jogos de ação

22/06/2011 16h46 - Atualizado em 14/07/2011 06h40

Chefe da agência de publicidade de Duke Nukem Forever não vai se desculpar de novo com a imprensa

Alexandre Silva
por
Para o TechTudo

Esse caso aconteceu há alguns dias atrás, quando as primeiras notas baixas de Duke Nukem Forever começaram a aparecer na internet. O chefe da agência de publicidade que cuidou da divulgação de Duke Nukem Forever, Jim Redner, foi bem direto em seu Twitter, dizendo que não iria fornecer novos jogos para sites que não sabem fazer reviews.

Como era de se esperar, o caso repercutiu de tal maneira que a 2K simplesmente cancelou o contrato de serviço com a The Redner Group, a agência de Redner, onde ele é o único funcionário, segundo ele.

Tweet onde Redner ameaça os jornalistas que criticaram Duke Nukem Forever  (Foto: Divulgação)Tweet onde Redner ameaça os jornalistas que criticaram Duke Nukem Forever (Foto: Divulgação)

Já sendo penalizado com a perda de um contrato lucrativo, Redner pediu desculpas aos jornalistas que publicaram os reviews negativos do jogo e continuou a comentar sobre o que aconteceu no Twitter. Depois desse ocorrido, ele publicou em um novo blog pessoal, onde fez um grande desabafo sobre o todo o trabalho na produção de Duke Nukem Forever e a opinião dos jornalistas a respeito.

Em resumo, Redner disse que agiu impulsivamente ao ameaçar os jornalistas, movido pelo seu amor ao jogo, pois pessoas determinadas, assim como ele, gastaram milhares de horas longe de suas famílias e amigos para concluir o trabalho de Duke Forever. Eles praticamente colocaram o coração nesse projeto, dedicados a tirar o jogo do “purgatório dos video games”. Ele admite ter agido errado, e que já pagou caro por isso. Mas que os jornalistas também devem pagar pelas suas ações, e Redner não irá apoiar algumas pessoas que ele não citou os nomes em seu artigo.

Ele conclui dizendo que o trabalho de quem faz publicidade é promover e proteger o jogo. Dessa forma, por que ele mandaria jogos para certos jornalistas criticarem de maneira injusta? Uma boa comparação é feita por ele em seu texto: “Se eu passo na sua frente e você me dá um tapa como saudação, acha que eu devo chegar perto de você no dia seguinte? Você faria isso?”

Via CVG

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares