Fabricantes

17/06/2011 09h28 - Atualizado em 14/07/2011 06h41

Panasonic anuncia o tablet Toughbook, para usuários corporativos

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

No mercado atual de tecnologia, a empresa que não entrar na competição dos tablets vai ficar para trás. A próxima a entrar na briga pelo consumidor é a Panasonic, que anunciou ontem que vai lançar um tablet Android voltado para o uso empresarial, o Toughbook.

Tablet Android da Panasonic deve chegar no final do ano.  (Foto: Divulgação)Tablet Android da Panasonic deve chegar no final do ano. (Foto: Divulgação)

O modelo tem previsão de lançamento para o último trimestre de 2011 (ou seja, a partir do mês de outubro), e é indicado para usuários corporativos que busquem uma segurança extra durante o uso. Segundo Rance Poehler, presidente da Panasonic Solutions Company, os consumidores do mercado empresarial estão muito interessados no mercado dos tablets, mas há uma certa frustração diante da baixa quantidade de ofertas específicas para o setor.

"A grande maioria dos dispositivos existentes no mercado, independentemente do sistema operacional utilizado, é desenvolvida para o consumidor comum, sem oferecer níveis apropriados de segurança e durabilidade para as necessidades dos usuários corporativos", disse Poehler.

A Panasonic acredita que, com uma proposta mais robusta de tablet, eles podem conquistar um público que necessita de um hardware mais resistente aos imprevistos dos deslocamentos diários, utilizando recursos de software que garantam uma maior segurança aos dados importantes do executivo que pensa em substituir o netbook (ou notebook) pelo tablet.

Poucos detalhes foram revelados pela empresa sobre as características e especificações do tablet Toughbook, mas ele terá tela de 10,1 polegadas com resolução XGA, GPS integrado e conectividade com as redes 3G e 4G.

Via: AndroidOS

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares