Video game

01/06/2011 17h23 - Atualizado em 14/07/2011 06h44

Resident Evil: Zombie Buster chega para os telefones japoneses

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Nem só de expectativas pelos grandes jogos, como Resident Evil: The Mercenaries 3D, vive o Japão, tendo também bastante tempo livre para gastar em jogos mais simples em seus telefones celulares, dando à Capcom a oportunidade perfeita para trazer minigames como Resident Evil: Zombie Buster

Resident Evil: Zombie Buster (Foto: Andriasang)Resident Evil: Zombie Buster (Foto: Andriasang)

Sem grandes complicações, a intenção do jogo é realmente ser simples, trazendo dois personagens bem conhecidos, Leon S. Kennedy e Claire Redfield, saídos diretamente de suas aparições em Resident Evil 2, participando de sessões de tiro ao alvo com zumbis sedentos por sangue. 

O título foi desenvolvido em Flash e a jogabilidade é a mais básica possível, com o jogador só precisando andar para a esquerda e direita enquanto atira nos inimigos, tentando impedí-los de cruzar a linha vermelha na parte de baixo da tela como um jogo de defesa tradicional. Quando todos os inimigos são abatidos, enfrenta-se então um chefe. 

Os dois personagens diferentes adicionam uma pitada de variedade à mecânica, com Claire sendo mais rápida em seus tiros, enquanto Leon dispara projéteis mais fortes, mas após seis disparos precisa recarregar, perdendo bastante tempo. O jogo terá suporte a Rankings online, permitindo que você se exiba um pouco caso fique realmente bom nisso. 

Resident Evil: Zombie Buster já está disponível para usuários das redes iMode,EZweb e Yahoo! Keitai, podendo ser comprado pelo preço de ¥315, pouco menos de quatro dólares pela cotação atual, o que pode ser um preço um pouco salgado para um minigame tão simples.

Via Andriasang

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares