Jogos de RPG

17/06/2011 13h10 - Atualizado em 14/07/2011 06h41

Square-Enix garante que Final Fantasy XIII-2 não será linear

Alexandre Silva
por
Para o TechTudo

O que muita gente não gostou em Final Fantasy XIII foi da linearidade que o jogo possui, ou seja, o título perdeu muito do que antes era considerado um RPG, e se tornou um grande jogo de ação. Comentando sobre isso, a Square Enix informou estar por dentro das críticas que seus consumidores fizeram em relação ao rumo que a série Final Fantasy está tomando e que irá melhorar esses aspectos nos títulos futuros. 

Final Fantasy XIII-2 (Foto: Divulgação)Final Fantasy XIII-2 (Foto: Divulgação)

Começando por Final Fantasy XIII-2, a Square afirmou que o jogo será bem diferente do antecessor, pois não será tão linear quanto ele. O produtor do jogo, Yoshinori Kitase, prometeu aos jogadores que o jogo será sim diferente. Segundo ele, Final Fantasy XIII foi criado sobre o conceito de jogo guiado por sua história, e esse detalhe não agradou os fãs dos jogos anteriores, pois o progresso ficou muito linear. 

Dessa forma, quem jogou Final Fantasy XIII não encontrou muita coisa para fazer, além de reclamarem que poderiam encontrar mais pessoas no mundo do jogo, afinal de contas trata-se de um RPG, ou pelo menos é o que o nome Final Fantasy dá a entender. Lição aprendida, teremos em Final Fantasy XIII uma experiência completamente diferente de seu jogo anterior, com muito mais exploração e elementos para o jogador interagir com o mundo onde a história se passa. 

Essa foi uma boa decisão da Square Enix: Ouvir os seus consumidores. Errar em um jogo é algo que pode acontecer com todos, mas reconhecer o erro é algo que poucos na indústria de fato fazem. Certamente teríamos menos decepções com mais pessoas e empresas que pensassem dessa forma. 

Via Eurogamer

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares