Jogos de ação

13/06/2011 16h06 - Atualizado em 14/07/2011 06h42

THQ fecha Kaos Studios

Dori Prata
por
Para o TechTudo

Não seria exagero dizermos que o Kaos Studios representava nos games o melhor exemplo do sonho americano. Ele surgiu em 2006, quando a THQ queria manter em Nova York uma divisão voltada à criação de jogos de tiro em primeira pessoa e para realizar a tarefa, contrataram a equipe conhecida como Trauma Studios e que foi responsável pela principal modificação para o Battlefield 1942, o Desert Combat.

Homefront (Foto: Divulgação)Homefront (Foto: Divulgação)

Hoje, quase seis anos e dois jogos depois, o que surgiu como uma nova chance para aquelas pessoas, que já haviam sido contratadas pela DICE para ajudar no desenvolvimento do Battlefield 2 e depois dispensadas, chega ao fim com o anúncio de que as atividades da desenvolvedora serão encerradas.

Como costuma acontecer nestes casos, a THQ não deu maiores detalhes sobre o fechamento da empresa, limitando-se a dizer que faz parte de um realinhamento estratégico de seus estúdios, o que também culminou no fim das atividades do THQ Digital Warrington, produtora situada na cidade de Londres e que trabalhou no desenvolvimento dos jogos Red Faction Battlegrounds e Warhammer 40.000: Kill Team.

Sobre o Kaos Studios, após lançarem o razoavelmente bem sucedido Frontlines: Fuel of War, em que o mundo se via no meio de uma enorme guerra devido ao fim dos combustíveis, eles recentemente lançaram o Homefront, outro FPS situado num futuro alternativo, em que os Estados Unidos foram invadidos pela Coréia do Norte. Nele devemos assumir o papel de um ex-piloto de helicóptero e que faz parte de uma resistência que deve lutar pelo controle do seu país.

Ambos tiverem avaliações medianas da crítica, com as versões para computadores alcançando média 73 e 70 respectivamente e de acordo com a THQ, será o seu escritório localizado em Montreal que ficará responsável pela franquia Homefront.

via Joystiq

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares